Casal volta a namorar depois de 65 anos de término do noivado

Por quatro meses, os dois viveram sem saber que estavam morando sob o mesmo teto

O Dia dos Namorados também serve para comemorar histórias de reunião de casais antes separados. Por isso mesmo, a história de Maria Edy Moraes, de 84 anos, e Selviro Schaab, de 88 é uma das mais interessantes para se conhecer. O casal esteve separado por 65 anos!

Na década de 1940, eles chegaram a noivar e marcar a data do casamento, mas Selviro decidiu terminar o relacionamento devido a distância entre os dois: eles moravam em cidades diferentes.

Desde então, o casal nunca mais se viu… Até este ano. Eles se reencontraram, 65 anos depois do fim do noivado, em um asilo de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos do Rio Grande do Sul. Claro que depois da separação, a vida seguiu e os dois encontraram novos amores, se casaram e ficaram viúvos.

Porém, a lembrança de ambos sempre ficou bastante forte. Foi revivida no dia em que se reencontrarem no lar para idosos. Ironicamente, por quatro meses os dois viveram sem saber que estavam morando sob o mesmo teto. Até que, ao se cruzarem, bastou uma troca de olhares para o sentimento de 65 anos atrás renascer.

Quando eu cheguei, ela já abriu os braços e queria um beijo”, relata Selviro.

A vida fez sentido para mim. Tenho ao meu lado quem eu tinha perdido. Ele fica o dia todo sentado ao meu lado, de mãos dadas, me amando. Às vezes o destino prega uma peça, mas, para mim, o destino foi honesto. Pode ter 80, 90 anos, o amor não tem idade. Quando ama de verdade, ama”, completa Maria.

Essa realmente é a verdade. Quando o amor é forte, tudo suporta.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJovem e (quase) reeleito
Próximo artigoProfessor de escola militar é acusado de xingar e ofender alunos em sala de aula