Carro novo ou usado: saiba quais vantagens e desvantagens na hora de comprar seu veículo

Carro novo é bom, mas sabia que ele perde em média de 10% a 20% do seu valor no mesmo momento que sai da concessionária? Confira outras dicas

(Fonte: Seguro Auto)

Independente da escolha, um carro zero quilômetro ou um usado ainda representa um carro novo para o usuário. Isso vale para a compra de um primeiro automóvel ou para a troca de modelos ao longo da vida.

Ambas as escolhas devem ser avaliadas e planejadas com antecedência. Para isso é extremamente importante que o futuro proprietário considere inicialmente alguns fatores:

– Necessidades pessoais como espaço, conforto, motorização e acessórios do modelo pretendido;

 – Valor total disponível para o ato da compra de acordo com o orçamento familiar, incluído um possível financiamento ou negociações de descontos à vista;

– Custos fixos e eventuais, que incluem abastecimento, manutenções, seguro, revisões e manutenção preventivas ou para reparos.

– Tendência de valorização ou desvalorização de acordo com a Tabela Fipe, medidor e referência para valores de compra e venda e também para estabelecer os valores do seguro auto.

Após essa avaliação primária é necessário prestar atenção às vantagens e desvantagens que as duas escolhas podem oferecer em médio e longo prazo.

Como avaliar um carro zero?

Um carro recém-saído da fábrica, ainda com cheirinho de novo pode ser o sonho de muitas pessoas. Mas, até mesmo as versões mais simples de modelos zero quilômetro demandam um investimento considerável e vale lembrar que ele perde em média de 10% 20% do seu valor no mesmo momento que sai da concessionária para seu novo dono (e pode perder ainda mais dependendo da quilometragem rodada).

As vantagens: O automóvel apresenta todas as suas características originais de fábrica, componentes intactos e geralmente estão amparados por um período de garantia do fabricante (que pode chegar a cinco anos para componentes específicos), a desvalorização para revenda costuma ser pequena se estiver em bom estado e há maior facilidade para fechar o negócio

Desvantagens: Alto valor de aquisição, alto custo do seguro, impostos e documentações e gastos fixos, com suprimentos como óleo, troca de filtros e similares.

Como avaliar Seminovos e Usados

Um carro seminovo ou usado tem um valor mais reduzido no ato da compra. Se estiver em bom estado, ainda pode ser uma alternativa mais equipada e com mais acessórios do que uma versão zero quilômetro do mesmo modelo.

Aqui é importante ressaltar a necessidade de contar com a ajuda profissional de despachantes e mecânicos para avaliar não só a situação dos documentos, taxas, impostos e possíveis multas como também o estado de conservação do carro e seu desempenho. A ansiedade ou a inexperiência são as aliadas perfeitas de um mal negócio.

Vantagens: Custo de aquisição reduzido, IPVA, DPVAT e seguro mais baratos (de acordo com o modelo escolhido).

Desvantagens: Desgastes natural dos componentes, custos de manutenção preventiva e reparos podem estar fora do prazo de garantia do fabricante, atraso tecnológico em comparação a versões e modelos mais atuais.

“Para fechar negócio”

– Pesquise muito sobre o modelo desejado e também pesquise diferentes concessionárias ou ofertas. Tenha paciência para encontrar o carro que deseja dentro dos gastos planejados.

– Avalie cuidadosamente seu orçamento antes de fechar o negócio, sem se esquecer de considerar todos os gastos fixos e eventuais para manter o carro rodando e conservado.

– Faça um test drive e fique atento aos detalhes importantes, como facilidade para entrar e sair do veículo, regulagem e conforto dos bancos e cinto de segurança. Fique atento aos pontos cegos, visibilidade dos retrovisores, funcionamento das luzes externas e também do painel de instrumentos ou computador de bordo.

Questione eventuais barulhos durante a rodagem, a eficiência de arranque e de frenagens. Além disso, não esqueça de observar se o motor aquece, se o volante treme ou puxa para os lados. Teste também as funções do rádio, ar-condicionado, limpadores de para-brisa e vidro traseiro, travas.

– Consulte a Tabela Fipe e calcule a depreciação do veículo para os próximos anos. Ela vai ocorrer independentemente da compra de um veículo novo ou usado.

Escolher o primeiro carro depende de uma boa pesquisa, então não tenha medo de perder tempo nessa etapa importante. A pressa pode ser realmente a inimiga da perfeição. Contudo, fazendo boas escolhas você não terá problemas no futuro.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS