Carlos Fávaro acusa Taques de não cumprir promessas feitas na campanha passada

O ex-vice-governador foi enfático em afirmar que sempre alertou o governador sobre promessas excessivas

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O presidente do PSD em Mato Grosso e pré-candidato ao Senado, Carlos Fávaro, disse, nesta quarta-feira (18), que o governador Pedro Taques (PSDB) não foi criterioso com os gastos públicos, deixou de cumprir promessas feitas aos cidadãos nas eleições de 2014 e que reeleição não é garantida por estar com a máquina pública nas mãos.

Fávaro, que até pouco tempo estava como vice-governador de Taques, foi enfático em afirmar que sempre alertou o governador sobre promessas excessivas. “Ele, que se mostrava, e nada pessoal, um procurador da República e um senador destemido e corajoso, não teve a mesma coragem de implementar o mesmo rigor e o controle do gasto público. Não teve o rigor e a coragem de dizer não e deixou se fazer, ele e seu governo, promessas que não seriam cumpridas para a população”, disparou.

O presidente do PSD, declaradamente favorável à reeleição e claramente se dirigindo a Taques, destacou que estar à frente da máquina pública não garante reeleição. “Essa história de dizer que a máquina pública reelege, que é difícil ir contra a máquina é mentira. O que reelege é ter feito e cumprido o compromisso na campanha anterior”, disse durante entrevista à rádio Capital FM.

Ainda de acordo com Fávaro, essas afirmações só surgem neste momento de pré-campanha eleitoral, e depois dele ter deixado o governo para concorrer uma vaga no Senado, pois não queria ser tachado como um vice-governador que queria desestabilizar o governo.

Fávaro, no entanto, reforçou que enquanto vice sempre colocou suas condições e que não participou do lançamento de nenhuma obra que ficaria apenas na promessa. “Quando eu via que [Taques] estava prometendo aquilo que não era possível cumprir eu não participava e internamente eu cobrava”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOrquestra de MT é indicada em duas categorias do Prêmio da Música Brasileira
Próximo artigoÉ uma piada!