Cão leal espera pelos donos no mesmo local por 4 anos finalmente consegue revê-los

Uma reviravolta inesperada na vida de Leo

São sempre belas as histórias de cães leais, que permanecem fieis aos donos até o fim da vida.

Nesse caso, um cãozinho esperou pelos donos no mesmo local, em um cruzamento na cidade tailandesa de Khon Kaen. Leo, como é chamado, virou notícia no mundo inteiro este mês.

No começo, os transeuntes suspeitavam que o cão havia sido abandonado, mas depois perceberam que ele parecia bem alimentado e o mistério ficou instalado.

Como Leo passava a maior parte do tempo naquele cruzamento, uma mulher vinha regularmente trazer comida e água.

LEIA TAMBÉM

Chamada Saowalak, 45, ela disse que quando o encontrou pela primeira vez naquele mesmo local, há vários anos, Leo estava só pele e ossos e também tinha miíase.

Ela não conseguia deixá-lo assim, então o levou para casa e cuidou dele até que recuperasse a saúde de novo. No entanto, um dia, Saowalak chegou em casa e descobriu que Leo havia sumido.

Ela procurou por ele e o encontrou no mesmo lugar em que o viu pela primeira vez. Entendeu, então, que ele estava esperando por seus donos e não tentou levá-lo embora. Ela só passou a levar comida e água para ele a cada poucos dias.

Depois de saber que o cão havia passado os últimos anos no mesmo local em que seus donos o teriam abandonado, um usuário do Facebook decidiu compartilhar a história nas mídias sociais.

O post logo se tornou viral e as fotos de Leo foram compartilhadas centenas de vezes no Facebook. E foi através da rede social que as fotos chegaram aos olhos da antiga dona de Leo.

Nang Noi Sittisarn, uma mulher de 64 anos da província de Roi Et, na Tailândia, quase teve um ataque cardíaco quando sua filha lhe mostrou uma foto de um cão que se parecia muito com BonBon, seu amado companheiro que ela havia perdido durante uma viagem de carro.

Em 16 de fevereiro de 2015, ela e o marido pegaram BonBon e dirigiram para ver sua filha em Khon Kaen, mas no caminho de volta, eles de alguma forma perderam o animal.

BonBon (ou Leo) estava na parte de trás do carro com a janela aberta e Dona Nang Noi suspeita que ele deve ter visto alguma coisa e pulou para fora do carro, enquanto esperavam no semáforo.

Ela e o marido só perceberam que ele se foi, quando pararam em um posto de gasolina.

A mulher e o marido voltaram a procurar BonBon, mas ele não foi encontrado em lugar nenhum. A repórteres tailandeses, a mulher contou que eles o procuraram por uma semana inteira, antes de desistir, pensando que ele havia sido atropelado ou morto.

Assim que viu a foto e ouviu a história, Nang Noi pediu para a filha para levá-la para onde o cachorro estava esperando. Quando ela chegou lá e o chamou pelo nome “BonBon”, Leo começou a mexer seu rabo e veio até ela. A surpresa foi quando ela tentou levá-lo para casa e ele relutou em segui-la.

Nang Noi entendeu que seu BonBon, agora Leo, havia se apegado a Saowalak, a mulher que cuidara dele. Ela não queria forçar o cachorro a acompanhá-la e concordou em deixá-lo com sua nova humana.

Desde então, Nang Noi e a filha visitam Leo regularmente e levam o que ele precisa.

Confira:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS