Cão Latino lança seu primeiro álbum MPB e na bagagem mostra influências de todo Brasil

Trabalho reúne músicas dos últimos 10 anos e conta com participações que vão do baião ao blues

(Foto: Assessoria)

Música brasileira também é música latina. Dentro dessa proposta, o Cão Latino lança durante o mês de setembro faixas inéditas do primeiro disco. A primeira a ser disponibilizada foi “Faz isso não”, na última terça (31).

Apesar de levar um nome de banda e as músicas também serem interpretadas por este estilo de formação, se trata de um projeto sólo de Thales de Paiva, compositor e voz das canções. “As músicas estão no papel faz muito tempo, inclusive, tanto tempo que acabaram até mudando um pouco. Isso, porque como artista independente, a gente precisa tirar do próprio bolso pra investir na carreira”, comenta Thales.

O projeto, que foi um dos contemplados pela Lei Federal Aldir Blanc, é o resultado de diversos momentos da vida artística do músico e foi gravado no estúdio Inca, com a direção de Manoel Neto.

Navegar, por exemplo, ele compôs inspirado no livro Vidas Secas, de Graciliano Ramos. O clássico se trata das pessoas que saíram do sertão ao fugir da seca pra sobreviver. Na canção, inspirada nesta obra, fala deste movimento das pessoas, mas com outras conotações, como os que hoje em dia se mudam de uma cidade para outra afim de construírem diferentes histórias. “Essa cidade não é minha e nem é meu esse lugar. Estrangeiro no próprio terreiro, guerreiro fadado a caminhar”, cantarolou.

(Foto: Assessoria)

Além de Navegar, o músico menciona canções que falam de amor ou até mesmo a canção Calmaria, que apesar de ter sido escrita antes da pandemia, faz muito sentido no atual momento, pois reflete esperança de dias melhores.

No projeto, somam com Thales de Paiva (voz), duas participações especiais, sendo a de Cacá Malaquias de Carnaíba em Pernambuco (Pífanos) e Décio Caetano de Curitiba (guitarra). Fora eles, toda sonoridade é de músicos que residem em Cuiabá, como Igor Mariano (teclado), Sidney Duarte (guitarra), Samuel Ribeiro (baixo), Thiago Costa (bateria), Vini Batera (bateria), Alaécio Martins (trombone), Marcus Levi (trompete), Juliane Grisólia (percussão) e Claudinho (viola caipira).

Cão Latino

O nome Cão Latino é uma junção entre o amor que tem por cachorros e a latinidade. No início, era uma banda que se formou em Maringá (PR), mas que com o passar do tempo se tornou, além de nome artístico, um projeto sólo de Thales de Paiva, que desde então trabalha sem banda fixa. Por ele, diversas canções foram compostas nos últimos 10 anos. Em 2021, com a Lei Federal Aldir Blanc, lança o primeiro álbum com participações especiais.

(Foto: Assessoria)

Lançamento álbum Cão Latino
Onde: Canal do YouTube
Instagram: @caolatinooficial

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia recupera 50 toneladas de feijão e desarticula grupo que receptava cargas
Próximo artigoPCE deve sair da superlotação para sobra de vagas até fevereiro de 2022