Cantor Sergei morre em Volta Redonda aos 85 anos

Morreu hoje (7) o cantor Sergei, aos 85 anos. Ele estava internado no Hospital Regional do Médio Paraíba Doutora Zilda Arns Neumann, em Volta Redonda, no estado do Rio de Janeiro. Sofria de Alzheimer e foi transferido no mês passado de Saquarema, onde morava, para Volta Redonda. A causa da morte não foi divulgada.

Filho de um executivo da IBM e de uma dona de casa, Sergio Augusto Bustamente, Sergei, é considerado o roqueiro mais antigo do Brasil. Nascido em 8 de novembro de 1933, até pouco tempo ainda estava em atividade com a sua banda Pandemonioum, em shows pelo país.

Serguei, TV Brasil

Serguei morreu em Volta Redonda, aos 85 anos  (TV Brasil)

Entre as façanhas contadas pelo artista, consta que assistiu ao lendário festival de rock em Woodstock, nos Estados Unidos, nos anos 1960; ciceroneou Janis Joplin em sua visita ao Brasil, e é considerado cantor oficial do grupo Hell’s Angels.

Sergei cresceu na Tijuca, na zona norte do Rio, mas na adolescência foi morar com a avó materna no Estados Unidos. Ganhou o apelido de Sergei na infância porque um amigo, que era russo, não conseguia pronunciar o seu nome correto.

De volta ao Brasil, tentou emprego como bancário e comissário de bordo, mas percebeu que sua vocação era a música. No seu currículo, estão apresentações nas edições do Rock in Rio II, em 1991, e III, em 2001.
Fixou residência em Saquarema, na Região dos Lagos, no estado do Rio, onde transformou a sua casa em um museu do rock.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFesta do Divino no bairro Dom Aquino terá missa, atrações artísticas e refeições gratuitas
Próximo artigoJoão Arcanjo e rival tinham chefes nos negócios, aponta Polícia Civil