Canibalismo atinge metade das granjas de suínos em MT

O problema ocorre quando os suínos ficam três dias sem proteína animal. 

Foto: Gcom-MT/ Christiano Antonucci

Cerca de 200 das 480 granjas de suínos em Mato Grosso já registraram casos de canibalismo, segundo dados da Associação dos Criadores de Suínos (Acrismat). O problema ocorre quando os suínos ficam três dias sem proteína animal.

Segundo o diretor-executivo da Acrismat, Custódio Rodrigues, os animais começam a morder uns aos outros devido à falta de comida. “A cadeia de suínos é dependente de ração. Entendemos a greve dos caminhoneiros, mas a nossa situação é grave”, afirmou.

Custódio informou que cerca de 11,5 mil animais estão deixando de ser abatidos por dia, mas o prejuízo financeiro em razão da greve dos caminhoneiros ainda não foi contabilizado. Mato Grosso tem aproximadamente 2,5 milhões de suínos.

A presidente do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), Daniela Bueno, disse que os casos de canibalismo ocorrem também em situações de estresse e lembrou que a situação dos criadores de aves também é grave. Até o momento, 250 mil ovos férteis já foram destruídos e 22 milhões de aves estão com restrição alimentar. No Estado existem cerca de 85 milhões de aves.

Bovinos

Segundo o Indea, 90% da carne produzida em Mato Grosso é exportada. O diretor-executivo da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vaccari, disse que o prejuízo para o setor de gado de corte chega a R$ 35 milhões por dia, somente com a falta de abate. Em média, 17 mil cabeças de boi são abatidas diariamente no Estado. “Não há impedimento para carga viva, mas as frigoríficas não estão passando “, observou.

Mais cedo o presidente do Sindicato das Indústrias Frigoríficas do Estado de Mato Grosso (Sindfrigo-MT), Luiz Antônio Freitas afirmou que 100% dos frigoríficos do estado estão parados e que o prejuízo diário chega a R$ 50 milhões. “Nem a Carne Fraca foi tão árdua como essa crise”, afirmou.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDescontente com Taques, Locatelli admite possibilidade de retirar empresas de MT
Próximo artigoAudiência suspensa