Campanha na pandemia

Partidos e candidatos foram alertados a evitar uma série de "tradições" do período eleitoral por conta da covid-19

(Foto: Fernanda Zanetti)

Os Ministérios Públicos Federal e Estadual notificaram os partidos e candidatos para que observem, durante a campanha eleitoral deste ano, as medidas higiênico-sanitárias necessárias à prevenção ao novo coronavírus.

A recomendação foi assinada pelo procurador regional Eleitoral, Erich Raphael Masson, e pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira.

Entre as medidas recomendadas estão evitar a promoção de eventos que ocasionem a aglomeração de pessoas como comícios, carreatas, passeatas, caminhadas, reuniões e confraternizações.

Caso façam uso desses meios de campanha, os partidos terão ficar a tentos ao distanciamento mínimo entre as pessoas e ao uso de máscaras de proteção individual.

Também foi solicitada a não distribuição de materiais impressos como cartilhas, jornais e santinhos. Os candidatos deverão ainda evitar o contato físico com o eleitor.

Para o dia das eleições, a recomendação é que os candidatos evitem levar acompanhantes ao local de votação e também não mantenham contato físico com eleitores, mesários e fiscais.

Os procuradores alertam ainda para a necessidade de espaços amplos e abertos para contato com a imprensa e produção de entrevistas.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrimeira-Dama Virginia Mendes prepara Bazar Vem Ser Mais Solidário para outubro
Próximo artigoCandidato milionário