Caminhoneiros voltam atrás e cancelam sorteio de combustível

De acordo com um dos líderes do movimento, não foi possível realizar o sorteio sem beneficiar uma empresa em detrimento de outras

Grevistas de Sinop (500 km de Cuiabá) voltam atrás e liberaram apenas a carga de gás de cozinha. Na manhã desta segunda-feira (28), o movimento grevista havia informado que faria o sorteio de dois postos de combustíveis para o reabastecimento da cidade, além da liberação de gás.

De acordo com uma das lideranças do movimento no município, Nilson Ramires (Ganso), não foi possível realizar o sorteio porque as distribuidoras não estariam realizando o carregamento de combustível.

“Não podemos soltar esses caminhões que estão aqui na fila porque eles vão beneficiar apenas o posto que já está com a carga comprada, se não temos condições de fazer o sorteio de forma isenta e democrática é melhor não fazer a liberação”, disse Ganso.

Já a carga de gás de cozinha fica confirmada para liberação, mas ainda não foi divulgado o critério a ser usado. O movimento diz ainda que irá acompanhar a distribuição do produto para que não haja superfaturamento do produto prejudicando a população.

Ramires: “não foi possível realizar o sorteio”

Pouco antes do novo anúncio da categoria, a CDL Sinop que tinha sido citada pela liderança como participante no sorteio dos postos de combustíveis se manifestou por meio de nota negando a informação. De acordo com a nota, a entidade é favorável ao movimento grevista, mas não está acompanhando este procedimento.

Confira a nota na íntegra

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Sinop vem a público esclarecer que, desde o início tem demonstrado apoio a Manifestação Nacional dos Caminhoneiros, em prol da redução dos preços abusivos dos combustíveis, a exemplo da CNDL – Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, e ao lado das demais entidades da UNESIN – União das Entidades de Sinop, constituída por 25 entidades da cidade.

Porém, nesta segunda-feira, dia 28 de maio de 2018, circulou a informação de que, com o apoio da CDL, será realizado um sorteio para definir quais postos receberão combustíveis parados nas entradas da cidade.

ESCLARECEMOS QUE A CDL NÃO FOI PROCURADA PELOS CAMINHONEIROS MOBILIZADOS E NÃO ESTÁ CIENTE DESTE

SORTEIO. Portanto caso esta ação seja realizada, até o presente momento, será sem o conhecimento da CDL Sinop. Sugerimos que a imprensa ou empresários busquem contato com o senhor Nilson Ramires (Ganso) que é apontado como um dos organizadores do manifesto em Sinop.

A CDL Sinop mantém sua posição de apoiar manifestos ordeiros e pacíficos mas firmes e decisivos, portanto nos colocamos a disposição e esperamos que esta situação seja resolvida o mais breve possível. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem é preso por andar nu em bairro nobre de Cuiabá
Próximo artigoO Brasil à beira do caos