Caminhoneiros que passam por MT recebem kits de higiene, alimentação e cestas básicas

Entidades e voluntários auxiliam motoristas para que eles sigam viagem e continuem garantindo serviço essencial ao país

PRF, Sest/Senat, Rota do Oeste e diversos voluntários se mobilizam para garantir auxílio a caminhoneiros (Ilustrativa/PRF)

Para não prejudicar o trabalho dos que abastecem o país, tão essenciais na situação de pandemia decorrente da disseminação do coronavírus, diversas ações vêm sendo realizadas para garantir que os caminhoneiros sigam viagem.

Na BR 163/364, por exemplo, passa a funcionar um ponto de apoio, em que gratuitamente eles podem fazer refeições e pegar kits higiênicos com produtos como álcool gel, máscaras e luvas e até conversar com psicólogo.

Estes e outros serviços são ofertados no Ponto de Apoio ao Caminhoneiro de Rondonópolis, no Posto Aldo Locatelli, diariamente, das 8h às 12h.

A programação que inclui ainda aferição de temperatura corporal e encaminhamento médico em caso de sintomas de Covid-19, tem previsão de ocorrer até 20 de abril, com exceção da Sexta-feira Santa e domingo de Páscoa.

A Concessionária Rota do Oeste, o Serviço Social de Transporte e Serviço Nacional do Transporte (Sest/Senat) e a Rumo logística se uniram para auxiliá-los.

No Ponto de Apoio caminhoneiros podem contar com apoio médico caso tenham sintomas da Covid-19 (Rota do Oeste)

Diversos serviços

O gerente de Relações Institucionais da Rota do Oeste, Roberto Madureira explica que a ampliação do número de pontos com oferta de serviços se faz importante neste momento, aumentando a rede de assistência aos profissionais da estrada.

“Diante da experiência positiva com o Sest/Senat em Cuiabá, entendemos que a oferta de serviços poderia chegar mais longe no trecho sob concessão e Rondonópolis, pela proximidade com a Rumo, foi avaliado como um trecho estratégico de atendimento”.

Além dos serviços já citados, as cabines dos veículos são higienizadas e os caminhoneiros recebem orientações de como manter a assepsia.

Além de um psicólogo que está lá para acolhê-los e esclarecer dúvidas, há também um educador físico para ensiná-los exercícios respiratórios e atividades que podem ser feitas em qualquer local.

Por fim, preenchem um formulário com informações pessoais, com objetivo de melhorar os serviços.

Cestas básicas

A proposta do ponto de apoio está em sintonia com as ações que vêm sendo realizadas pelo Ministério da Infraestrutura. A assistência aos caminhoneiros garante a manutenção de um serviço essencial, o abastecimento do país, diminuindo o impacto da pandemia na vida dos brasileiros.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também integra força-tarefa de voluntários com a campanha “Siga em Frente, Caminhoneiro“, nas rodovias federais de Mato Grosso. Na manhã desta quarta-feira (8), na BR-158 mais de 100 motoristas receberam doações de alimentos não-perecíveis e kits de limpeza pessoal.

Um dos objetivos, segundo a PRF “é não prejudicar os comerciantes que possuem estabelecimentos em funcionamento. Além disso, como alguns veículos de carga possuem cozinha em sua estrutura, os caminhoneiros podem fazer suas refeições no momento mais adequado, diminuindo também os riscos de contaminação”.

Mapeamento

Mais de 300 locais com estabelecimentos comerciais em funcionamento foram identificados, nas rodovias federais de Mato Grosso. O propósito do levantamento é facilitar o planejamento da viagem dos motoristas que precisam se deslocar pelas BRs.

O sistema SuporteBR apresenta, em um mapa interativo, os estabelecimentos úteis ao longo do percurso. É possível encontrar restaurantes, hospedagens, borracharias, oficinas mecânicas, postos de combustíveis, lojas de conveniência e pontos de parada com serviços simultâneos.

Dá para conferir quais são os estabelecimentos clicando aqui. Dá para encontrar com o Estado, Cidade e até o Tipo de Estabelecimento desejado.

Leia também

Empresário e família entregam mais de 100 marmitas para caminhoneiros em Cuiabá

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMissa online por Cuiabá
Próximo artigoNovo saque do FGTS beneficiará até 60,2 milhões de trabalhadores

O LIVRE ADS