Ataque a tiros: Caminhoneiro entra em centro espírita e mata um e deixa outro ferido

O ataque teria sido motivado porque o homem não aceitava que seu filho frequentasse o local e seguisse a doutrina

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um caminhoneiro está sendo procurado pela polícia de Rondonópolis (220 km de Cuiabá) após entrar em um centro espírita no Bairro Residencial Farias e matar um adolescente de 17 anos e deixar um jovem de 21 ferido.

O ataque teria como motivo o fato de ele não aceitar a religião do filho.

Conforme o boletim de ocorrência, o suspeito ia até o local para buscar o filho, de 13 anos, que era frequentador do centro. O pai, no entanto, nunca aceitou que o garoto seguisse a doutrina religiosa.

Nesse domingo (14), então, por volta das 16h50, ele resolveu ir buscar o filho armado. Ao entrar no ambiente, ele atirou várias vezes.

Os disparos levaram à morte de um adolescente de 17 anos e deixaram um jovem de 21 anos gravemente ferido, ele está internado na Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis.

A Polícia Judiciária Civil foi acionada e esteve no local, assim como a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o Instituto Médico Legal (IML).

O caso foi registrado como homicídio doloso tentado e consumado e o suspeito segue foragido.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTodos vacinados
Próximo artigoJustiça suspende ordem para Consórcio VLT devolver R$ 683 milhões