Caixa e Ministério do Turismo oferecem R$ 1,2 bi em crédito para setor

Novidade agora é que micro e pequenas empresas também terão acesso aos recursos

Afetadas pelo agravamento da pandemia de covid-19, as empresas de turismo poderão recorrer a uma linha de crédito para financiar o capital de giro. A Caixa Econômica Federal e o Ministério do Turismo ofereceram R$ 1,2 bilhão em empréstimo para o setor.

A novidade agora é que micro e pequenas empresas, que faturam até R$ 4,8 milhões por ano, também terão acesso aos recursos. Antes disso, a ajuda era restrita às médias e grandes empresas.

A Caixa também flexibilizou as garantias (bens que podem ser tomados em caso de inadimplência) a serem apresentadas pelos tomadores.

Com juros de 5% ao ano, mais a taxa Selic (juros básicos da economia, atualmente em 2,75% ao ano), a linha de crédito pode ser paga em até 60 meses (cinco anos). O empresário começará a pagar a primeira parcela depois de 12 meses de carência.

Como ter acesso?

Para ter acesso às condições especiais da linha de crédito, as empresas devem ter mais de 12 meses de constituição e terem o certificado do Cadastur, cadastro de prestadores de serviço pelo Ministério do Turismo.

O cadastro pode ser feito no endereço https://cadastur.turismo.gov.br.

De posse do certificado, a empresa de turismo pode contratar a linha de crédito numa agência da Caixa ou entrar em contato com o banco por meio da página Caixa com Sua Empresa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem morre ao trocar tiros com policiais durante operação
Próximo artigoSinfra: “Governo já investiu R$ 1,6 bilhão e, até 2022, serão R$ 4,7 bilhões em infraestrutura”