Caindo pela tabela

Ala de Janaína Riva diz que o advogado Francisco Faiad não conseguirá conduzir o MDB para a eleição de 2022

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A resistência à permanência do advogado Francisco Faiad no comando diretório do MDB em Cuiabá já seria uma preparação do partido para a eleição de 2022. A deputada estadual Janaína Riva, que apresentou nomes alternativos à mesa diretora, disse que Faiad “não construiu nada partidariamente”. 

O trabalho mais expressivo dele se reduziria à articulação que reelegeu Emanuel Pinheiro à Prefeitura de Cuiabá e, mesmo assim, o apoiado não seria consenso dos aliados. 

Faiad não construiu um partido, não fez sede, os candidatos dele não são os candidatos do partido. E nós já estamos pensando em 2022, num grupo que represente a todos, e Faiad não é essa pessoa”, disse. 

O diretório de Cuiabá está sendo disputado por alas de Janaína Riva e Emanuel Pinheiro desde o fim do segundo turno da eleição 2020, com acirramento dos ânimos.  

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMinistro do STF quer responsabilizar redes sociais por publicações de usuários
Próximo artigoMPF pede a prisão preventiva de hacker que vazou mensagens da Lava Jato