Cadeirante é preso por tentar pegar em partes íntimas de mulheres

Ele estava cometendo os atos obscenos contra clientes e funcionárias de uma loja

Foto: PMMT

Um cadeirante de 33 anos foi preso nessa quinta-feira (15) acusado de tentar pegar nas partes íntimas de clientes e funcionárias de uma loja do Bairro Vila Operária, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá), e ainda ameaçar estuprá-las.

A Polícia Militar foi acionada por volta de 12h50 e encontrou o suspeito a cerca de 50 metros da loja onde ele havia cometido os atos obscenos.

Conforme o boletim de ocorrência, no momento da prisão ele ainda estava “incomodando” outras pessoas, que preferiram não denunciá-lo.

Uma jovem de 20 anos, no entanto, fez questão de acompanhar a equipe e o suspeito até a delegacia e registrar o boletim por ato obsceno e ameaça.

O cadeirante já é reincidente no crime de ato obsceno.

Em setembro de 2017, ele foi preso por entrar em igrejas no Bairro Vila Mineira, em Rondonópolis, e ficar falando palavras obscenas para as crianças. Além disso, enquanto mulheres oravam ele passava a mão nas pernas delas.

À época ele foi preso fazendo uso de drogas e já possuía um mandado de prisão em aberto.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEvangélica sai de igreja para atender o celular e é estuprada
Próximo artigoAtingido por bala perdida, estudante morre a caminho da escola

O LIVRE ADS