Brasileiros consideram 2020 um ano para ser esquecido

Entrada em 2021 é esperada como tempo de mudança, afirma pesquisa

(Foto: Pixabay)

Você quer superar 2020? Uma pesquisa mundial mostra que a maioria dos brasileiros também. O ano da pandemia é visto como um ano difícil e a entrada em 2021 é esperada como tempo de mudança. 

Mas a situação de um ano com isolamento social, instabilidade de emprego e da economia não é visto como tão pior do que 2019. Os dados são do Instituto Ipsos, que mostram que 72% consideram que 2020 é um ano para se esquecer, pois foi ruim para si mesmo e para a família. 

Os motivos para a percepção são atribuídos à insegurança que pandemia trouxe que afetou vários aspectos da vida. Contudo, no fim de 2019, 62% dos brasileiros esperavam superar aquele ano considerado como ruim. 

Um lembrete: no ano passado houve a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, o incêndio no alojamento do Flamengo, o massacre uma escola de Suzano, interior de São Paulo, e o incêndio na floresta amazônica. 

Na média mundial

A visão negativa dos últimos meses dos brasileiros está na média mundial. A pesquisa, feita com 23 mil pessoas, com idade entre 16 e 74 anos, aponta que 70% dos entrevistados querem superar 2020. 

As piores avaliações foram feitas na Turquia (89%), Índia (81%) e Itália (80%). Quanto a 2021, 81% dos brasileiros esperam um ano melhor para si mesmo e sua família. Um otimismo acima da média mundial, que ficou em 77%. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVírus no poder
Próximo artigoR$ 12 milhões em empréstimos