BR-163 lidera número de acidentes em rodovias federais em Mato Grosso

Rodovia que passa por municípios como Sinop, Sorriso, Rondonópolis e Lucas do Rio Verde também é a mais letal do Estado

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A BR-163, que corta Mato Grosso, liderou o ranking do número de acidentes em rodovias federais no Estado ao longo de 2020. Ao todo, foram 627 ocorrências com vítimas. A rodovia também é a que tem a maior letalidade. Somente no ano passado, 85 vidas foram perdidas.

As constatações são da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e consta do balanço anual divulgado hoje (1º) pela entidade.

No ano passado, 2.189 acidentes foram registrados nas rodovias federais que
passam por Mato Grosso. Desse total, 1.753 tiveram vítimas (mortos ou feridos). A média é de 41 acidentes com vítimas a cada 100 km de rodovia federal no Estado.

Além da BR-163, aparecem no ranking as BR’s 364, com 534 acidentes; 070 que registrou 370 ocorrências; seguidas da BR-174 e BR-158 com 143 e 77 acidentes, respectivamente.

A colisão foi o tipo de acidente mais frequente em Mato Grosso. Segundo a CNT, foram 893 ocorrências, que representam 50,9% do total registrado em 2020.

O custo anual estimado dos acidentes ocorridos em rodovias federais em Mato Grosso chegou a R$ 379,72 milhões em 2020. Em nível nacional, o valor do prejuízo sobe para prejuízo de R$ 10,22 bilhões.

No Brasil

A rodovia que teve o maior número de acidentes no ano passado foi a BR-101, que liga o Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul. Só nesta estrada foram registrados 8.715 acidentes de trânsito.

Já a BR-116, que liga o Ceará ao Rio Grande do Sul, foi a mais letal dentre as rodovias federais, com 690 mortes decorrentes de acidentes de trânsito. A BR-116 foi a segunda em número de acidentes (7.397).

A CNT também separou outros dados. Confira abaixo:

  • 54,8 % das mortes ocorreram aos finais de semana – sexta-feira (14,6%), sábado (17,8) e domingo (22,4%)
  •  81,8% dos mortos em acidentes são do sexo masculino;
  •  Sudeste e Sul concentram os maiores índices de acidentes com vítimas;
  •  Rodovias do Nordeste são as que mais matam no Brasil;
  •  Minas Gerais é campeã em número de mortes e de acidentes nas rodovias federais;
  •  Maranhão, Tocantins, Bahia, Piauí e Alagoas registram os acidentes mais graves;
  •  Rodovias do Paraná concentram mais mortes de ciclistas;
  •  Nordeste é a região com maior número de mortes de motociclistas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAção de criminosos
Próximo artigoGoverno de MT cancela ponto facultativo de Carnaval e proíbe festas em todo o estado