Bombeiros controlam primeiro incêndio de grande proporção no Pantanal em 2021

Equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente sobrevoou a região atingida pelo fogo nesta sexta-feira

(Foto: Rodolfo Perdigão/Secom-MT)

Um incêndio que começou em uma propriedade particular na região da Estrada Parque Transpantaneira, em Poconé (104 km de Cuiabá), foi controlado pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBM MT). Para ver de perto as ações de combate aos incêndios florestais, uma equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) sobrevoou a região de helicóptero nessa sexta-feira (14) e conheceu o novo Posto de Comando.

“O Estado tem dado todas as condições para que os eventos de maior proporção sejam controlados. É importante destacar que já reduzimos do dia 1º de janeiro até o dia 8 de agosto em 93% os focos de calor no Pantanal, com o esforço conjunto entre o Governo do Estado com adesão e apoio de toda a sociedade”, afirma a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti.

A redução dos focos de calor é apontada em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com dado oficial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Em todo o estado, a redução foi de aproximadamente 30%, enquanto no Bioma Amazônia foi de 11%, e no Cerrado de 24%.

(Foto: Secom-MT)

O Posto de Comando é uma estrutura provisória, instalada na última terça-feira (10) no Hotel Pantanal, localizado na Estrada Parque Transpantaneira. No local, são coordenadas as ações de combate a este incêndio, que atingiu cerca de 2 mil hectares do Pantanal mato-grossense.

O comandante-geral do CBM MT, Coronel Alessandro Borges Ferreira, ressalta que, além da resposta forte do Estado em caso de incêndios, há ainda equipes tanto dos Bombeiros, quanto do Batalhão Ambiental, percorrendo toda a região para orientar os produtores rurais.

“Temos que lembrar que este ano está sendo mais seco que no ano passado, é um período com fortes ventos, e que um incidente como este pode se tornar algo muito grande, e que não foi perdido o controle pela atuação rápida do Corpo de Bombeiros”, conta.

Operação Guardiões do Pantanal

Durante a visita, foi apresentado o balanço das ações desenvolvidas pelo CBM na última semana, os recursos mobilizados para o combate ao fogo, e o resultado alcançado: o sucesso da operação e o controle dos focos de calor.

A Operação montada para atender a esta ocorrência emprega no combate ao fogo duas pás-carregadeiras apreendidas pela Sema-MT de infratores ambientais, utilizadas para fazer os aceiros para conter o avanço do fogo. Duas aeronaves lançam água no local atingido, além de abafadores, mochilas costais, pinga fogo, sopradores, kit combate e motobomba flutuante.

(Foto: Secom-MT)

Envolvidos no combate aos incêndios, moradores da região e empresas cederam equipamentos para reforço das atividades: dois caminhões pipas (Sesc e Águas Cuiabá); duas camionetes (Brigada Aliança da Terra e Sesc Pantanal); dois tratores com grade e mais duas pás carregadeiras (fornecidas por moradores locais).

O incêndio teve início em uma propriedade particular no último sábado (07.08), no KM 47 da Transpantaneira. Um trator que estava sendo utilizado por um fazendeiro durante a produção de faixas de aceiros no campo pegou fogo e atingiu outras áreas fora da fazenda.

Também estiveram presentes na visita o secretário Executivo da Sema-MT, Alex Marega, o secretário Adjunto de Administração Sistêmica, Valdinei Valério da Silva, além das equipes do Corpo de Bombeiros Militar.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTráfico de pessoas: pandemia e subnotificações facilitam assédio a vítimas
Próximo artigoHomem mata a companheira a facadas e espera a polícia chorando