Bolsonaro vai zerar imposto sobre armas importadas

O decreto pretende facilitar o acesso do cidadão comum a armas de fogo

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O presidente Jair Bolsonaro usou o Facebook na manhã desta quarta-feira (9) para anunciar que, a partir de 2021, a Câmara de Comércio Exterior zerará tributo sobre revólveres e pistolas importados. A medida pretende facilitar a compra de armas de fogo pelo cidadão comum.

Até o momento, a alíquota é no valor de 20% sobre o preço da arma.

De acordo com a publicação, a medida passará a valer a partir de 1º de janeiro de 2021.

O presidente vem adotando, desde sua campanha, o tema de segurança pública como uma bandeira. Para Bolsonaro, é fundamental facilitar a compra de armas e munições pelo  cidadão para ajudar a reduzir os índices de criminalidade.

No início de seu governo, por meio de decreto, o presidente permitiu a importação de armas, o que era proibido.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMPF chegou a pedir as prisões de deputado e irmão prefeito em MT
Próximo artigoMilão a mais em dezembro