Bolsonaro prorroga auxílio emergencial até dezembro com valor de R$ 300

Com metade do valor inicial, auxílio emergencial terá mais quatro parcelas, anunciou o presidente

(Foto: Marcello Casal/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta terça-feira (1º), que vai prorrogar o auxílio emergencial em mais quatro parcelas de R$ 300. Ele se reuniu com ministros e parlamentares da base do governo, no Palácio da Alvorada, para alinhar as próximas ações do governo na área econômica.

O auxílio é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados.

O benefício – concedido  como forma de dar proteção emergencial durante a crise causada pela pandemia – começou a ser pago em abril. À época, foram estabelecidas três parcelas de R$ 600.

Agora com 50% do valor, o auxílio deve durar até o fim do ano.

LEIA TAMBÉM

“Resolvemos prorrogá-lo, por medida provisória, até o final do ano. O valor, como vínhamos dizendo, R$ 600 é muito para quem paga e podemos dizer que não é o valor suficiente para todas as necessidades [das famílias], mas basicamente atende”, disse Bolsonaro sobre o valor do auxílio.

(Foto: Reprodução/Exame)

Ajuda

Cerca de 4,4 milhões dos domicílios brasileiros sobreviveram, em julho, apenas com a renda do auxílio emergencial. O número representa 6,5% do total de lares do país. Os dados são do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

A desigualdade na renda fica evidente com a análise dos números. O levantamento revelou que entre os domicílios mais pobres, os rendimentos atingiram 124% do que seriam habitualmente.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCom aprovação de Mourão, PRTB e PSC firmam aliança em MT
Próximo artigoSistemas que gerenciam atendimentos no Ganha Tempo passam por perícia