Bolsonaro lidera pesquisa e Ciro Gomes aparece em segundo

Intenção de voto para o deputado foi de 18% a 21% em comparação com maio

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) lidera pesquisa realizada pelo DataPoder360 e vai de 18% a 21% das intenções dos votos em cenário sem Lula. Em segundo lugar, com 12% a 13%, o pré-candidato Ciro Gomes (PDT) aparece com leve vantagem sobre os outros possíveis postulantes.

A três meses das eleições no Brasil, a maior taxa de porcentagem da pesquisa fica com os “não voto”, de 40% a 42%, dependendo do panorama testado. Dois cenários foram testados, ambos utilizados em levantamento de maio.

O DataPoder360 realizou, por meio de ligações em telefones fixos e celulares de 25 a 29 de junho, 5.500 entrevistas. A pesquisa atingiu 229 cidades em todas as regiões do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O registro do estudo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-05297/2018.

No 1º cenário foram incluídos somente os seis candidatos mais competitivos, os que possuem 5% ou mais de intenção de voto nos últimos meses. No 2º cenário o DataPoder360 testou os nomes de 15 pré-candidatos a presidente.

Além de Luiz Inácio Lula da Silva, o tucano João Dória não foi incluído como opção de candidato a presidente na pesquisa. O ex-prefeito de São Paulo, no entanto, foi testado em maio e pontuou 6%, resultado semelhante ao obtido por Geraldo Alckmin. O potencial de voto do ex-presidente pelo PT foi pesquisado, apresentando até 35% das intenções de votos.

O portal Poder360 destaca que a rodada de 25 a 29 de junho foi realizada em meio à Copa do Mundo de futebol na Rússia.

No comparativo com pesquisa realizada no final de junho com o final de maio, também pelo DataPoder360, Jair Bolsonaro teve variação negativa. O representante da direita tinha 21% e 25%. Agora, tem de 18% a 21%.

Seguindo a comparação, Ciro Gomes tinha 11% e 12% no final de maio. Agora conta com 12% e 13%. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) pontua 5% ou 6%, conforme o cenário testado. Há 1 mês tinha 6% ou 8%.

Marina Silva (Rede) pontua 7% nos 2 cenários testados (há 1 mês tinha 6% ou 7%). Geraldo Alckmin (PSDB) pontua 7% ou 8% nesta pesquisa do final de junho. Na de um mês atrás, final de maio, tinha 6% ou 7%. Alvaro Dias (Podemos) tem 4% e 5%. No final de maio pontuava 5% e 6%.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorViatura capota e deixa policiais e detento feridos; veja fotos
Próximo artigoSesp executa 653 operações integradas no primeiro semestre