Bolsonaro lamenta morte de ex-combatente brasileiro da 2ª Guerra Mundial

O veterano participou da tomada de Monte Castelo, principal vitória brasileira durante a guerra

O presidente Jair Bolsonaro lamentou, no último domingo (30), a morte do ex-deputado federal, empresário e combatente da 2ª Guerra Mundial, Camilo Cola.

O veterano tinha 97 anos e faleceu de causas naturais, devido a idade avançada. O antigo combatente da FEB morreu na cidade de Cachoeiro do Itapemirim (ES), na noite de sábado (29).

O brasileiro havia participado da tomada de Monte Castelo, principal conquista brasileira durante a guerra. Na ocasião, brasileiros venceram as tropas fascistas italianas no centro norte da Itália e dominaram o parque industrial usado pelos italianos para fabricação de armas.

Pelo Instragam, Bolsonaro fez uma dedicatória ao antigo veterano de guerra e agradeceu a ele pelos serviços prestados na guerra.

“Obrigado por garantir nossa liberdade na luta contra o fascismo e nazismo”, escreveu o presidente.

Veja a publicação

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBrasil pode voltar a ter racionamento de energia? Entenda porque o alerta está ligado
Próximo artigoHotéis de Cuiabá preparam jantar especial e noite romântica para o Dia dos Namorados