Bolsonaro e Tarcísio de Freitas estarão em Cuiabá na quinta-feira

Bolsonaro virá a evento da Funai, em Cuiabá, na quinta-feira, e o ministro Tarcísio de Freitas a ato em prol da Ferrogrão, no sábado

(Foto: Assessoria)

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, devem vir a Mato Grosso nesta semana para participar de eventos relacionados a economia e meio ambiente.  

Bolsonaro estará no encerramento de um seminário da Fundação Nacional do Índio (Funai), na quinta-feira (19), que debaterá o “etnodesenvolvimento” de povos indígenas, em Cuiabá. 

A área é um novo ramo de estudos científicos que defende “a autonomia e autodeterminação dos povos indígenas”, uma polêmica que passa pela discussão com ambientalistas e antropólogos. 

O seminário terá foco nos empreendimentos de pesca esportiva no Parque Xingu e de plantação de arroz por Xavantes e Bakairi. Ambos têm apoio do governo federal para a criação de mecanismos que consolidem o desenvolvimento. 

O presidente defende, por exemplo, a liberação de linhas de crédito pelas instituições financeiras para apoiar o avanço da agropecuária desenvolvida por etnias indígenas. Os empreendedores indígenas dizem que a falta de apoio financeiro é um percalço para a manutenção de suas atividades. 

No mesmo dia, Bolsonaro deve entregar máquinas agrícolas para produtores indígenas. A entrega deve ser feita a comunidades em Campo Novo do Parecis (385 km de Cuiabá). 

A visita deve ter a participação também da ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, Flávia Arruda, e do presidente nacional da Funai, Marcelo Xavier. 

Ferrogrão 

No sábado (21), o ministro Tarcísio Gomes estará em ato de defesa da ferrovia Ferrogrão, em Sinop (505 km de Cuiabá). O evento está sendo realizado pela Prefeitura de Sinop, com a participação de empresários do agronegócio. 

Com 933 quilômetros de extensão, a Ferrogrão ligará Sinop a Miritituba, no Pará. O projeto é avaliado com papel estruturante para o escoamento da produção de soja, milho, farelo de soja, entre outros. O governo prevê investimentos de R$ 8,4 bilhões no projeto de concessão da ferrovia. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAdvogado tenta matar ex e novo namorado dela em Cuiabá
Próximo artigoIrmãos fogem de casa por não aguentarem mais apanhar do pai