Bolsonaro diz que críticas a queimadas tentam “manchar” o agronegócio

Presidente afirmou que focos de fogo são históricas nessa época do ano e que Brasil é exemplo em conservação ambiental

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), disse nesta sexta-feira (18) que as críticas às queimadas no Pantanal e na Floresta Amazônica são fomentadas pela oposição política ao seu governo e teriam o objetivo de criar uma imagem ruim do agronegócio. 

Em evento em Sinop (500 km de Cuiabá), Bolsonaro afirmou que as queimadas nesta época são ocorrências históricas no Brasil, mas as reclamações sobre elas estão acirradas desde 2019, seu primeiro de governo, incitadas por pessoas com relações com outros países. 

“Estamos vendo alguns focos de incêndio acontecendo pelo Brasil e isso acontece ao longo de anos, mas temos sofrido uma crítica muito grande, porque, obviamente, quanto mais nos atacarem, melhor interessa a nossos concorrentes, para aquilo que temos de melhor que é o agronegócio”, disse. 

Bolsonaro chegou a Mato Grosso no começo desta manhã e foi recepcionado por dezenas de pessoas sob gritos de “mito”. Ele saiu do avião sem máscara e cumprimentou pessoas na multidão com apertos de mãos e pegou crianças nos braços. 

O presidente deve participar da cerimônia de lançamento de uma usina de etanol em Sinop e também entregar 1,8 mil títulos definitivos de posse de terra em um assentamento rural. 

Bolsonaro afirmou que, mesmo com as queimadas, o Brasil tem “a maior matriz energética limpa do mundo” enquanto países em situações ambientais mais devastadas não receberiam críticas com a mesma ênfase. 

Países que hoje nos criticam, não têm problema de queimadas, porque já queimaram tudo. Nós temos a matriz energética mais limpa do mundo. Proporcionalmente, ocupamos uma menor área para agricultura e agropecuária em relação a qualquer outro país. Somos um exemplo para o mundo”, disse. 

O evento teve apresenta do governador Mauro Mendes e dos ministros. 

  

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDesemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto
Próximo artigoCandidaturas em massa