Bolsonaro diz que compra de seringas foi suspensa por aumento de preços

Pelas redes sociais, presidente também lembrou que o país é um dos maiores produtores de seringas no mundo

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro, disse nesta quarta-feira (6), que a compra de seringas pelo Ministério da Saúde foi suspensa, por causa do aumento nos preços do material. A supervalorização teria como motivo a demanda após o início da vacinação contra a covid-19, em diversos países.

Pelas redes sociais, o presidente afirmou que as compras foram paralisadas temporariamente e que serão retomadas depois que o preço voltar a normalidade.

Bolsonaro ainda disse na publicação que os Estados e Municípios brasileiros têm estoques de seringa suficiente para iniciar a imunização contra a covid-19.

O Brasil é considerado, hoje, um dos maiores fabricantes de seringas do mundo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAL aprova alteração de VLT para BRT em Cuiabá e VG
Próximo artigoAprendi muito ensinando