Bolsonaro critica censura à direita

Presidente criticou a decisão do TSE e afirmou que jornalistas deveriam lutar contra a censura

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), durante o discurso feito para os jornalistas que cobriam a participação dele no Seminário Regional Etnodesenvolvimento, em Cuiabá, nesta quinta-feira (19), criticou a desmonetização, ou seja, pagamento, a youtubers de direita.

Bolsonaro citou o caso de Bárbara Destefani, do canal “Te atualizei”, que tem mais de 1 milhão de inscritos, e foi alvo de uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O ministro Luís Felipe Salomão determinou que as redes sociais bloqueiem o repasse de verbas para canais investigados por disseminarem supostas fake news sobre o sistema eleitoral brasileiro. Canais estes, de youtubers de direita.

“Os dez blogs nossos não podem mais ser monetizados. Os TREs podem fazem a mesma coisa agora”, disse com relação aos tribunais regionais eleitorais. “Devemos lutar contra isso”, argumentou Bolsonaro.

Nesse momento, o presidente pontuou que os primeiros a lutarem contra essas ações, deveriam ser os jornalistas. “Os primeiros a fazerem isso (lutar contra a censura) são vocês. Não pensem vocês que se a ditadura branca chegar para valer, vocês serão poupados. Não serão”, criticou.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPF cumpre mandados contra acusados de incitar a população a praticar crimes “contra a democracia”
Próximo artigoCovid: diário da vacina #73