Bolívia autoriza voo comercial entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra

A Azul poderá operar voos entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra, que é a cidade da Bolívia

O Governo boliviano autorizou a operação de voos diretos entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra. A comunicação foi feita nesta quarta-feira (06.06). O Documento foi enviado ao Governo de Mato Grosso pelo ministro de Obras e Serviços Públicos da Bolívia, Milton Claros Hinojosa, e mostra que no último dia 1º de junho, a empresa Azul Linhas Aéreas foi autorizada a realizar a operação de voos comerciais entre os dois países.

Com a autorização, a Azul poderá operar voos diários entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra, que é a cidade mais populosa da Bolívia. Os voos possibilitarão integração ainda maior entre os Brasil e os países andinos, incrementando o turismo e o comércio.

Desde 2015, ainda no primeiro ano de gestão, Mato Grosso tem trabalhado no sentido de fortalecer as relações com o país vizinho. Em 2016, o Estado realizou a Caravana da Integração que saiu de Cuiabá, cruzou a Bolívia e o extremo-norte do Chile até chegar em Arequipa, no Peru. O objetivo foi buscar novas saídas para a produção mato-grossense e aumentar as relações comerciais.

As tratativas para que a Azul Linhas Aéreas operasse a rota iniciaram em 17 de junho de 2016, quando o governador assinou um protocolo de intenções em que a empresa se comprometia a fazer os estudos para saber a viabilidade do voo. Com o resultado positivo, começou então o processo de liberação.

O próximo passo para que os voos sejam operados é a liberação pelo Governo Brasileiro, via Polícia Federal, que já está em trâmite.

 

Com Assessoria

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCineMaterna desta quarta-feira exibirá o filme Vingadores – Guerra Infinita
Próximo artigoAssembleia Legislativa realiza nessa quinta-feira tradicional festa junina