Bloqueio nacional: sete municípios de MT deixam de receber R$ 1,4 milhão

Seria a segunda de três parcelas do Fundo de Participação dos Municípios, mas problemas burocráticos deixaram prefeituras de fora

Centro histórico de Diamantino (Foto: Assessoria)

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) bloqueou os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) à sete cidades mato-grossenses. Esta seria a segunda parcela de valores a serem recebidos neste mês. O valor delas somado é de aproximadamente R$ 1,4 milhão.

No Brasil, foram 842 municípios que tiveram o problema. As prefeituras de Mato Grosso que não receberam a segunda de três parcelas mensais do FPM são:

Fonte: Secretaria do Tesouro Nacional / Governo Federal

Prefeito de Diamantino, Eduardo Capistrano (PDT) explica que o bloqueio se deu por questão burocrática e ocorreu, especificamente, pelo não envio de um documento da secretaria municipal de Educação. Ele sustenta que o problema já foi sanado.

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) esclarece que as retenções dos recursos têm ocorrido, na maioria das vezes, porque prefeitos têm deixado de cumprir obrigações.

Em geral são o não pagamento de parcelamentos ou recolhimentos de contribuições, como ao Programa de Integração Social e ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep).

Valores recebidos pelos municípios do FPM entre janeiro e junho de 2020 – Fonte: Secretaria do Tesouro Nacional

A CNM recomenda que os municípios se mantenham adimplentes em relação aos pagamentos e obrigações junto à União. É que muitos prefeitos deixaram de pagar alguns débitos, após a publicação da Lei Complementar 173/2020 – que institui o auxílio emergencial aos Estados e municípios.

A lei está em vigor desde 27 de maio, mas alguns pontos dela ainda precisam de regulamentação.

Só nesta terça-feira (16), por exemplo, é que o Senado aprovou o projeto de resolução 25/2020, que regulamenta a suspensão e as renegociações dos empréstimos feitos pelos Estados e municípios tendo a União como avalista.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLadrão com tipoia invade McDonald’s e furta bonequinhos de brindes
Próximo artigoCompras pela internet crescem em Cuiabá durante a pandemia