Big Brother na PM de SP

Governo amplia vigilância nas ações policiais

O governo do Estado de São Paulo está ampliando o uso de câmeras nas ações policiais. O projeto começou com 500 equipamentos, que são presos à roupa do policial e, agora, foi anunciada a instalação de mais 3 mil.

Conforme a gestão estadual, o objetivo do trabalho é reduzir o racismo e o abuso de autoridade nas ações policiais e também trazer mais segurança aos PMs.

Já ficou comprovado pelo uso experimental que o número de casos de reação diminui quando a pessoa abordada vê a câmera. E, também, quando o policial é agredido, há mais uma possibilidade de se identificar o autor do crime.

Com relação às dúvidas sobre a legalidade das abordagens, elas podem ser rapidamente esclarecidas pelas imagens.

Tá gravando

No começo do projeto, percebeu-se alguns casos nos quais os PMs esqueceram de ligar a câmera e, por este motivo, agora eles sairão com ela ligada do batalhão.

Vale lembrar que os primeiros a usar o dispositivos serão os batalhões com a maior letalidade de policiais. A ideia do governo é que, com o tempo, as imagens fiquem disponíveis à população, como acontece em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJulgamento adiado
Próximo artigoEm expansão, exploração de minérios é rota de sonegação fiscal em MT