|domingo, 19 agosto 2018

    Beleza proibida no santinho

    25
    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Houve quem achasse que a beleza poderia prejudicá-la. O santinho da brasileira Albertina Berkenbrock não tem o frescor adolescente da imagem real. Ela mais parecia uma top model.

    Mas a imagem real foi vetada pelo próprio papa Bento XVI quando a beatificou. Mais parecida com Gisele Bündchen e com outras tantas beldades do Brasil meridional, um celeiro de modelos e misses de rara beleza, a beata brasileira, na efígie aprovada no Vaticano, semelha uma jovem senhora.

    O santinho de Albertina é reprodução de pintura feita por seu professor, Hugo Berndt, um oficial do exército alemão que, em viagens de núpcias, em 1913, desertou, fixando-se primeiramente no Rio de Janeiro e por fim na localidade de São Luís, no município de Imaruí (SC), onde viviam os Berkenbrock.

    O leitor encontrará escassos registros na mídia sobre o assunto. O papa Bento XVI assinou o Decreto de Beatificação em 16 de dezembro de 2006. O prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, cardeal José Saraiva Martins, veio do Vaticano a Santa Catarina com o fim de presidir à cerimônia em que ela foi proclamada bem-aventurada (20/10/2007), em Tubarão (SC).

    Albertina Berkenbrock, filha de Henrique Berkenbrock e de Josefina Boeing, nasceu a 11 de abril de 1919, na localidade de São Luís, em Imaruí (SC), e ali morreu no dia 15 de junho de 1931. Tinha, pois, 12 anos! Muitos parentes seus ainda moram na mesma localidade onde ela, resistindo ao estupro, morreu virgem, degolada por um empregado da família.

    Originalmente habitado por índios, principalmente carijós, o estado de Santa Catarina recebeu muitos imigrantes europeus, sobretudo italianos, alemães e poloneses, entre 1870 e 1914, quando ocorreram as grandes ondas de imigração daqueles que fugiam da miséria, de doenças ou de perseguições políticas advindas das revoluções que pululavam na Europa, diz o documento. Os pais de Albertina eram imigrantes católicos procedentes da Vestfália.

    Quem tem beleza, exerce atração. Quem exerce atração, exerce poder. Albertina Berkenbrock não foi vítima de sua beleza. Foi vítima de um assassino cruel, entretanto punido, que cumpriu a pena que lhe foi imposta.

    Deonísio da Silva, da Academia das Ciências de Lisboa e da Academia Brasileira de Filologia, é Doutor em Letras pela USP, professor e Diretor do Instituto da Palavra, na Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro. É autor de dezenas de livros, entre os quais De onde vêm as palavras e Avante, soldados: para trás (Prêmio Internacional Casa de las Américas). Na companhia do jornalista Ricardo Boechat, apresenta Sem Papas na Língua, na Rádio Bandnews Fluminense.

    Deixe um comentário

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    Temporal derruba antena de TV e fachadas de lojas em Sinop
    Homem é preso acusado de estuprar enteada de 12 anos
    Problemas no fornecimento de energia elétrica trazem prejuízo a comércio na região do Santa Rosa
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    Veja a agenda dos candidatos a governador de MT desta segunda
    MT compra derivado da maconha por meio de liminar, diz secretário
    Sem experiência como gestor, Taques desconhecia limitação de recursos, diz aliado
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    Sistema de classificação de grãos precisa evoluir, alerta Aprosoja Brasil
    Vencedores do Prêmio de Mobilização visitam fábrica da New Holland em Curitiba
    Fazenda que produz mais de 37 mil litros de leite por dia atrai atenção dos mato-grossenses
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Novas marcas exploram tendências em maquiagem durante o ProBeleza 2018
    Gusttavo Lima volta a Cuiabá em outubro com sucessos e releituras de clássicos
    Duelo estadual de MCs terá seletivas nas batalhas de Cuiabá e VG até outubro; confira datas
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    Exército diz que 1,2 mil venezuelanos saíram do Brasil após violência
    Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 27 milhões na quarta-feira
    Governo procura 67 pessoas para pagar indenização por trabalho escravo
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Por R$ 23 mil, Tribunal de Justiça de Mato Grosso lança concurso para magistratura
    Sejudh abre concurso para agentes penitenciários com salários de até R$ 3 mil
    Sine Municipal oferece 78 novas oportunidades para quem deseja retornar ao mercado de trabalho
    X