Bebê de dois anos é internada após tomar remédio para emagrecimento

Pai denunciou a ex-mulher por abandono de incapaz, afirmando que os remédios estavam mal guardados

(Foto: Reprodução)

Uma bebê de dois anos precisou ser internada e passou por um procedimento de lavagem estomacal nessa segunda-feira (17) após tomar remédios controlados que a mãe estaria usando para emagrecer.

O caso aconteceu no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), durante a tarde.

O pai procurou a polícia e afirmou ser separado da ex-mulher e mãe de sua filha há dois meses e que, desde a separação, a menina mora com a mãe e a avó.

Nessa segunda-feira, ele recebeu a notícia de que a filha havia sido internada no Hospital Santa Rita, por ter ingerido remédios controlados que a ex-mulher estaria usando para emagrecer e que, segundo o pai, estariam mal guardados, pois estavam ao alcance da bebê.

A menina passou mal e precisou ser levada para o hospital, onde foi submetida a uma lavagem estomacal e recebeu alta.

“Abandono de incapaz”

A médica que atendeu a bebê fez um laudo sobre a intoxicação. Com isso, o pai resolveu denunciar a ex-mulher por abandono de incapaz, visto que, apesar de ter levado a filha ao médico, ela não estava em casa no momento em que a menina tomou os remédios e ele acusa a mulher de ser a culpada pela menina encontrar os medicamentos.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPM entrega presentes em bairro carente de VG e se prepara para o Dia das Crianças
Próximo artigoFazenda terá que indenizar família de trabalhador atropelado por trator