Barroso pedirá vista

Briga entre ministros do STF pode beneficiar Selma Arruda

Gilmar Mendes e Luís Barroso: eles não se bicam - e isso pode ser bom para Selma

Um fonte do LIVRE em Brasília afirmou que é praticamente certo que o ministro Luís Roberto Barroso, vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pedirá vista e adiará para as calendas o julgamento sobre a cassação do mandato da senadora Selma Arruda.

O motivo? Selma tem uma postura de enfrentamento ao ministro Gilmar Mendes, colega e desafeto de Barroso no Supremo Tribunal Federal (STF).

Para Barroso, tudo o que é ruim para Gilmar é bom para o Brasil, diz a fonte.

Além de Luís Barroso, faltam votar no julgamento de Selma os ministros Rosa Weber (presidente do TSE), Edson Fachin, Luis Felipe Salomão, Tarcísio Vieira de Carvalho Neto e Sérgio Silveira Banhos.

O relator do processo no TSE, ministro Og Fernandes, já votou. Para ele, Selma perde o cargo e nova eleição deve ser convocada em Mato Grosso.

Em tempo: caso haja um pedido de vista nesta noite, o julgamento só será retomado em 2020, após o sagrado recesso judiciário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS