Bandidos rendem família de caseiro e levam 82 cabeças de gado de fazenda em MT

Polícia agiu rápido e conseguiu recuperar o gado, mas os ladrões ainda gastaram mais de R$ 2,5 mil no cartão da vítima

Uma família foi rendida na última terça-feira (5) e ficou sob cárcere privado por mais de 12 horas durante um roubo em uma fazenda em Nossa Senhora do Livramento (45 km de Cuiabá), em que foram levadas 82 cabeças de gado.

O roubo teve início por volta das 14 horas, quando dois homens chegaram em uma motocicleta preta e perguntaram para a esposa do caseiro da fazenda onde ele estava, falando o nome dele.

A mulher disse que seu marido estava cortando lenha e, nesse momento, os homens sacaram armas e anunciaram o assalto. Todos na casa foram rendidos e mais uma motocicleta com dois suspeitos, esses encapuzados, chegaram. Em seguida, um quinto ladrão apareceu.

Pouco depois de a família ser rendida, o caseiro chegou e também foi preso dentro da casa.

Às 4 horas da quarta-feira (6), pegaram um funcionário da fazenda e o fizeram embarcar 82 cabeças de gado em dois caminhões, um branco e um vermelho.

Às 9 horas amarraram o funcionário, trancaram o caseiro, a esposa, a filha e o pai dele dentro da casa e fugiram levando o gado, três celulares, 30 litros de gasolina e R$ 189 em dinheiro.

Prisão

Durante o embarque do gado, um dos suspeitos tirou o capuz e foi reconhecido por uma das vítimas, assim como o motorista do caminhão vermelho. Ambos eram moradores de Poconé (110 km de Cuiabá).

Uma equipe da PM de Poconé foi informada sobre o caso e saiu em rondas em busca dos suspeitos. O motorista do caminhão foi encontrado e informou onde tinha descarregado a boiada.

A Polícia Militar foi até o local e, no caminho, foi parada por uma mulher em um Fiat Uno, que disse que dois caminhões haviam descarregado várias cabeças de gado no curral de sua chácara sem falar nada para ela sobre o gado, mas que seu marido poderia saber da procedência, porém, ele havia saído para trabalhar.

Ela levou os policiais até a chácara e o gado roubado foi localizado. Os animais ficaram no local sob responsabilidade do tio do proprietário da fazenda roubada.

O caseiro informou a polícia, ainda, que quando os suspeitos fugiram, levaram também um cartão de banco dele. Eles realizaram saques e compras no valor de R$ 2.609,53.

O caso foi registrado como roubo, sequestro e cárcere privado e receptação.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorReforço na segurança
Próximo artigoPedreiro passa mal e morre dentro de carro em condomínio de luxo de Cuiabá