Bandidos invadem loja e fazem funcionários reféns

Giovani Jr.

Assalto cpa2

A Polícia Militar tenta controlar um assalto em andamento na tarde desta quinta-feira, 14, no bairro CPA 2. Informações preliminares dão conta de que quatro elementos armados entraram na loja Martinello, próxima ao Banco do Brasil, e renderam os funcionários que estão sendo feitos reféns.

O bando teria tentado fugir pelo teto do estabelecimento, mas foi surpreendido pelo grupamento aéreo.As ruas no entorno da loja estão bloqueadas.

A loja vende móveis e eletrodomésticos e pertence ao Grupo Martinello que possui lojas espalhadas em 48 municípios de Mato Grosso.

15h48 – Mulheres são liberadas, mas homens continuam sendo feitos reféns. Policiais da Ronda Ostensiva Tática Móvel (Rotam) negociam as liberações dos reféns enquanto os policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) estão a caminho da ocorrência.

15h52 – O helicóptero Águia da Polícia Militar sobrevoa a região neste momento.

15h56 – Esse seria o segundo assalto a loja em poucas semanas.

15h59 – Uma viatura no SAMU acaba de chegar no local.

16h – Esse é o segundo roubo a uma loja na região em menos de 24 horas. Na manhã de quarta-feira, 13, dois menores foram apreendidos acusados de roubar uma joalheria também no CPA II

Giovani Jr.

helicóptero

16h03 – Policiais do  Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) acabam de chegar no local.

16h22 – Os bandidos se renderam a pouco e estão sendo levados para o Cisc Planalto.

16h24 – Segundo informações da assessoria da PM, eram dois assaltantes armados e cerca de 15 reféns entre clientes e funcionários.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGabinete trancado
Próximo artigoApós 10 horas de operação, PF ainda não cumpriu todos os mandados