Bandido furta moto, deixa em shopping e sai levando outra também furtada

Por fim, o shopping apreendeu a motocicleta da primeira vítima, que mesmo tendo sido furtada, foi impedida de reaver seu bem

(Divulgação)

Um caso atípico foi registrado no Goiabeiras Shopping, em Cuiabá, na noite dessa sexta-feira (23). A princípio, a motocicleta de uma funcionária havia sido roubada no estacionamento do shopping, por um ladrão que tinha deixado outra no lugar.

Depois, foi descoberto que a moto deixada também tinha sido roubada de outra funcionária e, por fim, as duas ficaram sem suas motocicletas.

A Polícia Militar foi acionada para verificar a situação de, a princípio, somente um furto. Quando a equipe chegou ao local, o supervisor do estacionamento disse que o furto foi percebido quando os seguranças do mall viram que a cancela de saída do estacionamento do shopping havia sido quebrada.

Eles então checaram o sistema de segurança e, conforme o boletim de ocorrência, viram, por volta das 21 horas, um homem forte, de estatura mediana e pele clara, entrar com uma motocicleta no estacionamento, deixá-la ao lado de uma Honda Bros vermelha, estourar o miolo da Bros e sair quebrando a cancela de saída do estacionamento.

A proprietária da motocicleta Honda Bros, de 33 anos, que também já estava no local quando a polícia chegou, disse que trabalha em um salão de beleza dentro do Goiabeiras Shopping.

Ela contou que colocou sua moto no estacionamento por volta das 13h45 e, ao final de seu expediente, às 22h20, recebeu a ligação de uma funcionária do Multipark, empresa que gerencia o estacionamento do shopping, informando sobre o furto.

Ela foi até o local onde havia deixado sua moto e realmente não a encontrou, encontrando no lugar uma Honda CG 150 Fan de cor preta.

A motocicleta deixada, no entanto, também havia sido furtada de uma funcionária de uma loja do shopping. A vítima, de 22 anos, disse ter deixado sua Honda CG na Rua General Neves, próximo ao shopping, às 13h30, e quando acabou seu expediente, às 22 horas, e foi buscá-la para ir embora, não a encontrou.

Ela, então, retornou ao shopping, soube do furto no estacionamento e que havia sido deixada uma motocicleta igual a dela lá e foi conferir, confirmando que a primeira vítima de furto tinha sido ela – e seu veículo havia sido usado para o furto contra a outra vítima, enquanto as duas trabalhavam.

Por fim, todos foram encaminhados para a delegacia, as duas vítimas e um representante do estacionamento, onde o caso foi registrado como furto, dano e ocorrência atípica.

A Honda Bros não foi encontrada. Já a Honda CG 150 Fan, embora a vítima estivesse com a documentação e a Polícia Militar estivesse presente, não foi entregue à proprietária, sendo “apreendida” por um funcionário do mall. Consta no boletim de ocorrência que “a motocicleta permaneceu no estacionamento do shopping, pois o supervisor do Goiabeiras Shopping se recusou a fazer a entrega da moto a ela, mesmo na presença da guarnição, pois, segundo ele, a moto foi usada na prática do furto”.

Em nota, a assessoria do Goiabeiras Shopping informou que está apurando os fatos relacionados aos furtos e que o funcionamento do mall não foi afetado pela ocorrência.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMaia diz que vai se empenhar em favor da reforma da Previdência
Próximo artigoMega-Sena vai sortear prêmio de R$ 3 milhões neste sábado