Bandeira, missa, ‘tchá co bolo’ e jantar: Jornada da fé antecede Festa de São Benedito

Todas terças-feiras são servidos “tchá cô bolo” depois das missas matinais e jantares, no período noturno

Um dos eventos mais importantes do calendário cultural de Mato Grosso, a Festa de São Benedito 2019, ocorre entre os dias 2 e 7 de julho, em Cuiabá. Negro, filho de escravos e extremamente sábio, além de ter como uma de suas principais qualidades, uma humildade ímpar e compaixão pelo próximo, São Benedito é um dos santos mais inspiradores do catolicismo.

O coordenador geral da festa deste ano, Joaquim Curvo, destaca que a admiração pela história do santo ultrapassou fronteiras e chegou a Cuiabá. “E assim, o culto a São Benedito, foi criando raízes de fé e religiosidade na cultura do povo cuiabano”, destaca.

Ele ressalta que atividades vêm sendo realizadas em preparação à semana oficial que marca a festividade.

“Nos meses que antecedem a celebração, ocorre a Jornada da Fé, com diversas iniciativas sendo consolidadas já no mês de maio, como as bandeiras que percorrem os bairros e prédios comerciais da capital”.

Além disso, todas as terças-feiras, após a missa matinal, que começa às 5h, é servido tradicional “tchá cô bolo”, e depois da celebração da noite, tem jantar às 20h. Nesta ocasião, o cardápio traz a famosa maria isabel, com tutu de feijão e farofa de banana. O dinheiro arrecadado é revertido para a produção do evento. Vale ressaltar, toda a festa é realizada com apoio de doadores e patrocinadores.

Já no dia 14 de junho, haverá o baile de abertura da Festa, a partir das 21 horas, no Alphaville Buffet. Jantar e bebidas estão incluídos no evento que terá como atração a banda Megaron.

Programação

Como sempre, valorizando a arquitetura e história da região onde a igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito está localizada, na Praça do Rosário, ocorrem as tradicionais atividades litúrgicas. Fiéis se reúnem diariamente, em devoção a São Benedito.

No dia 2 de julho, uma terça-feira, tem início a celebração ao santo, com Levantamento do Mastro, às 5h. Depois, no dia 4 de julho, a programação começa às 5h, com missa campal, seguida de “tchá cô bolo”. A mesma atividade será realizada também nos dias 5, 6 e 7 de julho. Neste último dia, um domingo, ocorre também a tradicional procissão que costuma reunir milhares de fiéis nas ruas do entorno da igreja.

Dadas as atuais condições econômicas e visando assim, redução de custos de realização do evento, além de garantir mais comodidade e segurança aos fiéis, a festa que ocorre no período noturno, entre os dias 4 e 6 de julho, será realizada no Centro de Eventos do Pantanal.

O local conta com estacionamento gratuito e a estrutura vai permitir que a cozinha de São Benedito siga com a produção a todo vapor para receber os devotos de São Benedito. É que por uma determinação do Corpo de Bombeiros, ela só pode funcionar até às 18h, por questões de segurança. Isso quer dizer que no novo espaço da festa, o público terá à sua disposição, comida quentinha o tempo todo.

Atrações artísticas

É o Centro de Eventos do Pantanal que vai acolher também, as atrações culturais, com apresentação de artistas da música e folclore. A programação completa será divulgada em breve.

De acordo com o coordenador geral, a transferência das atrações artísticas para o Centro de Eventos, foi definida, especialmente, por conta do impasse da limitação de recursos.

“É que deste modo, conseguimos reduzir gastos exorbitantes com fechamento das ruas adjacentes à igreja, estrutura de palco e som – que dada a amplitude exige maior potência e consequentemente e ainda, banheiros químicos e stands. O valor fica muito acima das nossas possibilidades. E além de tudo, conseguimos garantir segurança e conforto aos devotos”. Segundo Joaquim, não são raros furtos de carros no entorno da festa.

“Vale ressaltar, o DNA da festa, que é o que temos de mais tradicional, são as atividades litúrgicas e estas, seguem sendo realizadas no mesmo local. Como é sabido, nossa tradição é mantida com a solidariedade de festeiros e patrocinadores que colaboram conosco para realizar essa festa. Esta foi a única saída para que conseguíssemos conciliar nossas condições atuais com a demanda do público”.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO dia não está bom para conversa? Recurso da Uber avisa motorista
Próximo artigoMata Cavalo é tema de dissertações de mestrado de duas estudantes quilombolas

O LIVRE ADS