Avião precisa ser evacuado às pressas antes de decolagem e causa pânico no Marechal Rondon

Alguns passageiros chegaram a se machucar

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A madrugada desta quinta-feira (25) foi de pânico no Aeroporto Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). Um avião da Azul que faria o voo Cuiabá – Guarulhos sofreu uma pane e precisou ser evacuado às pressas.

Segundo uma passageira que estava na aeronave, o avião superaqueceu pouco antes da decolagem, já com todos os passageiros embarcados, e o piloto mandou que todos saíssem imediatamente.

Foi necessário que as pessoas fossem retiradas pela saída de emergência e alguns passageiros chegaram a se machucar.

“Não esqueço a cara da aeromoça gritando: ‘saiam daqui, sai, corre, se salvem, vai explodir'”, disse uma passageira que estava no avião.

O guarda municipal de Várzea Grande Osly, que estava com o filho na aeronave, fez um vídeo logo após sair do avião, mostrando vários passageiros ainda na pista. Nas imagens ele diz que o que aconteceu foi um “livramento de Deus”.

O que disse a Azul?

Em nota a Azul informou que a aeronave que realizaria o voo AD2751 (Cuiabá-Guarulhos) teve a decolagem abortada após a identificação de uma pane e que o comandante do voo realizou o procedimento padrão previsto para esse tipo de situação.

A empresa afirmou, ainda, que os passageiros foram evacuados pelas saídas de emergência e que está prestando todo apoio necessário aos clientes.

“A Azul lamenta o ocorrido e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBusca por procedimentos estéticos corporais pouco invasivos aumenta 300%
Próximo artigoVídeo| Agentes da PF e do Ibama queimam trator e caminhão usados no desmate ilegal