Avião é interceptado e R$ 7 milhões em drogas são apreendidos em fazenda

A prisão foi parte de um a operação conjunta do Gefron com a Polícia Federal e a Polícia Militar em Comodoro

Quatro pessoas foram presas e um montante avaliado em R$ 7 milhões em drogas foi apreendido nessa sexta-feira (20) em uma fazenda na zona rural de Comodoro (450 km de Cuiabá) utilizada para o tráfico de drogas.

A prisão foi parte de um a operação conjunta do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) com a Polícia Federal e a Polícia Militar de Comodoro.

Conforme informações do Gefron, já havia uma investigação sobre o local onde foi realizada a apreensão, que apontava que o gerente da fazenda recebia R$ 30 mil para permitir que aeronaves pousassem carregadas de drogas – e ainda prestava apoio aos traficantes.

Nessa sexta-feira (20), por volta das 17 horas, as equipes interceptaram um avião modelo Cessna 206 na pista de pouso da fazenda. Momentos antes, os policiais viram um Fiat Strada parado na pista, aguardando para fazer a descarga da droga.

Quando os policiais se aproximaram, os dois ocupantes da aeronave fugiram para uma região de mata, enquanto os dois homens que estavam no carro se renderam e foram presos.

Os policiais procuraram os dois homens que estavam no avião, mas não conseguiram encontrá-los. O gerente, que era um dos principais alvos da operação, foi preso na sede da fazenda.

Depois, outra pessoa que iam em direção a um Fiat Uno, preparado para dar apoio à quadrilha, foram presas.

Foram apreendidas seis armas, sendo um fuzil, 119 cartuchos de diversos calibres, 436 tabletes de pasta-base de cocaína, três carros e duas motocicletas.

Os materiais apreendidos e as pessoas detidas foram encaminhadas para a base operacional do Gefron e, depois, entregues na Delegacia da Polícia Federal de Cáceres.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApós 38 anos, Flamengo e Liverpool voltam a disputar o mundo
Próximo artigoCPI da Santa Casa: irmã e filha de ex-presidente receberiam mais e eram pagas primeiro