Autor de disparo acidental que matou jovem em Cuiabá se apresenta à polícia

Marido chegou a dar depoimento à polícia dizendo que esposa havia sido vítima de bala perdida, mas investigação apontou outra versão e autor do tiro se entregou

(Foto: arquivo pessoal)

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá esclareceu nessa quarta-feira (6) a morte de Janaína Silva Barrozo, 27 anos, ocorrida no último domingo (3), em Cuiabá, e identificou a pessoa responsável pelo disparo que atingiu a vítima.

Nessa quarta-feira, no período da tarde, o homem que fez o disparo que atingiu Janaína se apresentou ao delegado Mário Santiago, acompanhado de um advogado, e ainda será ouvido em depoimento.

O caso

Janaína saía de uma festa no Distrito do Sucuri, na Capital, na madrugada de sábado para domingo, quando foi atingida com um disparo no tórax. Ela foi socorrida pelo marido e um casal de amigos ao Hospital Municipal de Cuiabá, onde foi a óbito logo depois.

A equipe da DHPP foi acionada pela unidade de saúde para a liberação do corpo e no hospital foi informada que a vítima estava na festa, quando então teria sido alvejada por uma suposta bala perdida.

O delegado Mário Santiago Jr. instaurou inquérito para apurar o crime e a equipe investigativa realizou diversas diligências que apontaram as circunstâncias reais em que ocorreu a morte da comerciante.

Investigação

Os policiais da DHPP apuraram que Janaína foi atingida por um disparo acidental. Ela e o marido estavam em um veículo, quando um ocupante do carro manuseou uma arma que disparou e atingiu Janaína. Imediatamente, um casal de amigos e o marido dela a socorreram diretamente ao hospital municipal e não acionaram a polícia e nem socorro médico de emergência.

O marido de Janaína relatou no hospital e, posteriormente, à DHPP, uma versão diferente dos fatos. Ele deverá responder por falso testemunho.

Já o autor do disparo foi identificado e depois de intimado pela Polícia Civil, apresentou a arma usada no crime, assim como o veículo, que foram apreendidos pela DHPP e serão periciados.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia Civil deflagra operação contra traficantes de drogas de cidade de MT
Próximo artigoPCHs e a seca dos rios