Autoconhecimento

É indispensável que você se conheça muito bem para tomar decisões e controlar melhor a sua vida, e, consequentemente, ter ótimos resultados

Raciocine comigo: você consegue opinar, dar dicas, tirar conclusões de algo que você não conhece? Pode ser que alguns até consigam, mas garanto que a forma mais completa e assertiva é usando o autoconhecimento.

Normalmente, nós aprendemos algo aplicando, testando, para só então dizer que temos informações possíveis para implementá-las e ter sucesso.

Não há autocontrole sem que haja autoconhecimento.

O autoconhecimento, autopercepção, conhecimento do “eu”, ou autoconsciência, são palavras sinônimas, que nada mais são do que conhecer bem a si mesmo; para isso, temos que investigar tudo o que nos compõe.

Por intermédio do autoconhecimento, nós podemos saber verdadeiramente quem somos, podemos entender os nossos pontos fortes, os pontos fracos, as nossas perspectivas, angústias, sonhos e limitações. Por outro lado, não ter contato com o seu autoconhecimento pode ser desastroso para sua vida.

Seguem algumas dicas para a implementação do autoconhecimento: converse com o seu cérebro, questione tudo o que acontece em sua vida, aprenda a dizer não, saiba lidar com os “nãos” que recebe, dê um choque na sua zona de conforto, aprenda mais, explore outros aspectos da sua vida, sonhe mais, projete novos objetivos, não deixe a vida te levar, conduza a sua vida da melhor forma possível, mude sempre! É necessário e deve ser um padrão em nossa vida: reflita sobre você mesmo, medite e tire tempo para reflexão, troque ideias com bons amigos, procure um profissional, um psicólogo ou coach, escreva sobre a sua vida e sobre quem você é, exercite a gratidão e o amor.

O autoconhecimento é um dos pilares da inteligência emocional. Julgo que seja o alicerce principal da gestão da emoção. Como já dito, sem o autoconhecimento não tem como controlarmos a nossa vida.

O autoconhecimento emocional, segundo Daniel Goleman, é aquela capacidade que temos de reconhecer as nossas emoções e os nossos sentimentos. Pessoas que conhecem a sua vida emocional têm a propensão de serem ótimos condutores da sua existência.

Normalmente, no mundo em que estamos vivendo, as pessoas têm mais facilidade de conhecerem o outro do que encarar a sua realidade, os labirintos da sua alma e da sua vida.

O filósofo grego Sócrates (479-399 a.C.) cunhou a frase: “Conhece-te a ti mesmo”, visto que é indispensável ter essa habilidade na vida. Corroborando com essa ideia, no livro “A arte da guerra”, escrito por Sun Tzu no século IV a.C., um dos mais sábios e importantes textos de estratégia militar, afirma-se: “Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece, mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas”.

Quer ter autoconhecimento? Quer ter autocontrole? As ideias estão descritas neste texto, por isso, procure aplicá-las a cada dia em sua vida. Tenha o autoconhecimento para ser uma pessoa completa.

Francisney Liberato é Auditor do Tribunal de Contas. Escritor, Palestrante, Professor, Coach e Mentor. Mestre em Educação pela University of Florida. Doutor em Filosofia Universal Ph.I. Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Vice-presidente da Associação Brasileira dos Profissionais da Contabilidade – ABRAPCON. Membro da Academia Mundial de Letras. Autor dos Livros: “Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole”, “Fenomenal”, “Reinvente sua vida” e “Como passar em concursos – Vol. 1 e 2”, “Como falar em público com excelência”, “Legado” e “Liderança”. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorContribuintes podem pedir a revisão do valor lançado do IPTU 2022 em Cuiabá
Próximo artigoO pária de Kiev