Augusto Nunes: que Moro tenha na nova missão o mesmo êxito da Lava Jato

O juiz aceitou o convite para ser ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A notícia de que o juiz Sérgio Moro vai assumir o posto de comandante do superministério da Justiça – que passará a englobar a Segurança Pública – representa um desafio e uma esperança para o Brasil.

Na visão do jornalista e colunista do LIVRE Augusto Nunes, o desafio de Moro será justamente o de obter o mesmo sucesso nesta empreitada que ele obteve a frente da Operação Lava Jato, que desbaratou um esquema de corrupção bilionário na Petrobras. Mas agora há um outro inimigo. 

[featured_paragraph]“Moro disse que considera encerrado seu papel no combate à corrupção (como juiz) e agora ele quer contribuir para que o Brasil também se livre de um tumor que é representado pelo crime organizado”, disse.[/featured_paragraph]

E é justamente na chance real de ver Moro vencendo esse desafio que repousa a esperança. Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito com a bandeira da Segurança Pública. Se Moro vencer essa, terá feito um serviço ainda maior ao país.

Veja: 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBalança comercial tem maior superávit da série histórica para outubro
Próximo artigoUm ano e meio depois, Assembleia barra empréstimo de R$ 800 milhões para o VLT

O LIVRE ADS