Augusto Nunes: que Moro tenha na nova missão o mesmo êxito da Lava Jato

O juiz aceitou o convite para ser ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A notícia de que o juiz Sérgio Moro vai assumir o posto de comandante do superministério da Justiça – que passará a englobar a Segurança Pública – representa um desafio e uma esperança para o Brasil.

Na visão do jornalista e colunista do LIVRE Augusto Nunes, o desafio de Moro será justamente o de obter o mesmo sucesso nesta empreitada que ele obteve a frente da Operação Lava Jato, que desbaratou um esquema de corrupção bilionário na Petrobras. Mas agora há um outro inimigo. 

[featured_paragraph]“Moro disse que considera encerrado seu papel no combate à corrupção (como juiz) e agora ele quer contribuir para que o Brasil também se livre de um tumor que é representado pelo crime organizado”, disse.[/featured_paragraph]

E é justamente na chance real de ver Moro vencendo esse desafio que repousa a esperança. Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito com a bandeira da Segurança Pública. Se Moro vencer essa, terá feito um serviço ainda maior ao país.

Veja: 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS