Augusto Nunes: como alguém do PSL pede votos no PSOL, cujo ex-filiado esfaqueou Bolsonaro?

Selma Arruda (PSL), candidata ao Senado, chegou a pedir votos para o candidato ao mesmo cargo do PSOL

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Causa espanto ver um candidato do PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro, pedindo – ou sugerindo, dependendo da parte interessada – votos no candidato do PSOL. Isso porque nas fileiras de ex-filiados da legenda encontra-se Adélio Bispo de Oliveira, que esfaqueou Bolsonaro, em uma das cenas mais icônicas da campanha presidencial até agora.

É o que argumenta o colunista do LIVRE Augusto Nunes, ao rememorar o caso em que a juíza aposentada Selma Arruda, candidata ao Senado, pediu votos ao Procurador Mauro, candidato do PSOL ao mesmo cargo.

“Como é que se consegue juntar numa mesma chapa o PSOL e o PSL?”, questionou Augusto em coluna em vídeo.

Confira na íntegra a coluna de Augusto Nunes:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

4 COMENTÁRIOS

    • Invariavelmente o PSOL é um partido político que alicia criminosos dentro das cadeias para as suas fileiras de batalha. eles são muito piores que o PT e somente o PCdoB se assemelha a esse lixo. Ou seja, é mesmo inadmissível ter uma coligação do PSL com o PSOL

  1. Invariavelmente o PSOL é um partido político que alicia criminosos dentro das cadeias para as suas fileiras de batalha. eles são muito piores que o PT e somente o PCdoB se assemelha a esse lixo. Ou seja, é mesmo inadmissível ter uma coligação do PSL com o PSOL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPensando em construir ou reformar sua casa? Confira dicas!
Próximo artigoCoral do IFMT promove uma ‘viagem sonora pelo mundo’ em show no Zulmira Canavarros

O LIVRE ADS