Atriz de Will & Grace usa fake news para culpar Trump de coronavírus e web se revolta

Um baita engano

A epidemia do coronavírus segue em rápida escalada. Após ser confirmado em duas pessoas no Brasil, o número de infectados no mundo não para de crescer superando até mesmo a marca de 80 mil pessoas.

Seguindo a tendência mundial de artistas se engajarem politicamente em seus perfis em redes sociais, a atriz Debra Messing, de Will and Grace, acabou se valendo de uma notícia falsa para criticar Donald Trump.

Na última sexta-feira, Debra publicou em seu Twitter uma notícia do Washington Post alegando que os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA reduzirão em 80% seus esforços globais de prevenção de doenças.

“É por isso que Trump DEVE SAIR! Ele coloca os americanos em perigo mortal”, twittou a atriz.

O problema é que, como seus seguidores foram rápidos em apontar, o artigo é de 1º de fevereiro de 2018 e o portal Breitbart afirma que a estatística é uma fake news que de fato nunca aconteceu. A artista então deletou o tweet.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCoronavírus: CFM lista práticas para reduzir risco de transmissão
Próximo artigoMercenários: oito membros do grupo de extermínio voltam ao banco dos réus