Atributos emocionais da harmonização facial

Espelho, espelho meu existe alguém mais cansada do que eu?  O trocadilho pode ainda ir muito além.  A célebre frase da rainha má da fábula da Branca de Neve com certeza já foi dita por todas as mulheres que valorizam a beleza da face. Mas, na realidade o que todas desejam é de fato, ficar em frente ao espelho e interrogar de forma contrária, se igualando a madrasta perversa; existe alguém mais bela do que eu? Se até nos contos infantis a beleza ganhava preocupações e competições, imagina como é profunda essa inquietude na vida real.

A necessidade de esbanjar beleza é nato do ser humano e considerado normal e até saudável quando não ultrapassa limites, afinal querer ser e se sentir belo é cuidar e valorizar da matéria prima que Deus nos deu.

Ter a consciência de cuidados com a face, por exemplo, requer ao longo dos anos mais do que a rotina básica de limpeza, nutrição, hidratação e filtro solar. É preciso ir além, e justamente por isso, com ou sem pandemia a indústria da beleza e de cosméticos continua faturando bilhões ao ano. Ou seja, a beleza não contribui apenas para autoestima, mas faz a roda da economia girar.

Sendo assim, ficar mais bela(o) não faz mal a ninguém, desde que tenhamos escolhas assertivas de bons profissionais, excelentes produtos, e claro, o bom senso estético de pacientes e profissionais. Seguindo esses mandamentos ficará mais fácil conquistar mentes e corações com uma face mais rejuvenescida e atraente.

Os atributos emocionais ficam mais aflorados quando o zelo pela beleza ganha mais atenção e ação. Por exemplo, qual sensação passarei se estiver sem olheiras profundas e escuras? Qual impacto vou causar se meus lábios tão finos se tornarem mais carnudos? Quais olhares conquistarei se surgir com aparência de no mínimo 10 anos mais jovem? Estas respostas, graças a evolução tecnológica dos tratamentos estéticos, podem ser respondidas com apenas alguns minutos de procedimentos sem sentir dores por serem minimamente invasivos.

Sim, é quase um milagre da transformação conseguida na face e junto dela a realização pessoal.  Os mágicos têm nomes: toxina botulínica, ácido hialurônico, fios de PDO e bioestimuladores de colágeno dentre os quais contemplam o maravilhoso universo da harmonização facial.

Ao se render a ela, a próxima perguntinha no espelho será; espelho, espelho meu, como desejo aparentar? Mais atraente? Mais magra? Menos triste? Menos brava? Mais jovem? Mais feminina? Mais masculina? E por aí vai.Hoje em dia tudo é possível de se conquistar, Invista em você.

 

Nayara Cerutti, odontóloga com atuação em harmonização orofacial

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMotorista de prefeitura é preso por deixar vacinas desprotegidas para ir a boate
Próximo artigoSerafina celebra o Dia das Mães no melhor estilo italiano e com presentes