Ator Paulo Betti xinga Adélio Bispo de “desgraçado” por não ter conseguido matar Bolsonaro

O ex-global lamentou que o terrorista que tentou matar o então candidato à presidência não tenha atingido o seu objetivo final

(Reprodução/Twitter)

O ator Paulo Betti, famoso pela militância de esquerda em suas redes sociais, participava de um ciclo de entrevistas organizado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) quando deu a declaração. Na ocasião, Paulo lamentou que o terrorista Adélio Bispo não tenha conseguido matar o hoje presidente Bolsonaro, no atentado de setembro de 2018.

Quando perguntado sobre o atual governo, Paulo fez críticas a Bolsonaro e lembrou do atentado a facadas que o presidente sofreu em setembro de 2018. Na visão do militante de esquerda, o terrorista seria um “desgraçado” por não ter conseguido tirar a vida do presidente.

“No meio da multidão, isso não estava previsto. Ninguém tinha previsto que ia aparecer um maluco a golpear a camisa amarela onde estava escrito ‘Brasil acima de tudo’ ali e cravar uma faca ainda de maneira mais ou menos correta, mas não total. Desgraçado!”, afirmou Paulo Betti.

A fala infeliz não caiu bem nas redes sociais e até o momento Paulo já recebeu milhares de críticas por compactuar com a tentativa de assassinato.

Veja o vídeo

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRoberto Dorner testa positivo para covid-19
Próximo artigoPrivatizações: Supremo libera venda de refinarias da Petrobras