Atestados médicos falsos: técnicas de enfermagem furtavam de hospital para vender

Esquema de vendas de atestados falsos já existia há cerca de um ano

Foto: Google Maps

O gerente de recursos humanos do Hospital e Maternidade Santa Rita, localizado em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), denunciou nessa quinta-feira (17) duas técnicas de enfermagem, de 28 e 38 anos, de estarem vendendo atestados falsos em nome do hospital.

Segundo o gerente, há cerca de um ano o hospital vem recebendo denúncias e informações de empresas que pedem para verificar a veracidade de atestados médicos.

Por causa disso, foi aberto um processo administrativo e o hospital vinha investigando o caso.

Somente agora a administração da unidade médica constatou que duas técnicas de enfermagem do Pronto Atendimento teriam furtado blocos de atestado médico do hospital e estavam vendendo para funcionários de empresas.

As duas ainda assinavam os atestados, falsificando assinaturas de médicos, entre eles um que nem mesmo trabalha mais no Hospital Santa Rita há anos.

O hospital entregou tudo que conseguiu descobrir para a polícia e pediu que seja aberta uma investigação, pois acreditam que haja a possibilidade de que outros funcionários estejam envolvidos no esquema.

O caso foi registrado como furto e falsidade de atestado médico.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQuatro em cada dez domicílios de MT enfrentam escassez de alimentos
Próximo artigoBolsonaro em MT