Assentos para obesos

Deputado de MT quer que escolas e universidades amenizem o desconforto de seus alunos

(Foto: Karen Malagoli/ ALMT)

Está pronto para votação, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), um projeto de lei que obriga estabelecimentos de ensino no Estado a oferecerem, nas salas de aula, assentos adaptados para pessoas obesas.

O projeto, de autoria do deputado Dr. Gimenez (PV), estabelece ainda que a quantidade de assentos disponibilizados deverá corresponder, no mínimo, ao número de alunos obesos matriculados, podendo chegar a até 5% do total de cadeiras nas dependências das unidades de ensino.

Atenuar o desconforto dessas pessoas – que na avaliação do deputado pode ser, não só físico, mas psicológico – é a justificativa para o projeto.

O parlamentar argumenta que a obesidade é causa frequente de depressão e de comportamentos de “esquiva social”, o que gera enorme “sofrimento aos seus portadores”.

“É, além disso, fator de risco para outras doenças como a diabetes, hipertensão, distúrbios cardiovasculares, respiratórios e problemas reprodutivos em mulheres”, enfatiza.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUm desafio chamado estacionar: a solução seria a volta da Faixa Verde em Cuiabá?
Próximo artigoCCJ rejeita cassação