Assembleia aprova as diretrizes para o orçamento de 2019 em MT

O texto ainda passará por segunda votação, na próxima semana

Foto:(Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2019 com 45 emendas, na manhã desta quarta-feira (16), em primeira votação.

O texto ainda passará por segunda votação, na próxima semana, e somente depois os deputados votarão a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019, com base nas diretrizes traçadas na LDO.

Entre as mudanças feitas pelos deputados no texto está a inclusão do pagamento das emendas parlamentares impositivas, que foram restabelecidas no fim de 2018, quando a Assembleia aprovou um novo projeto de lei, depois de a lei anterior ser revogada pelo Tribunal de Justiça.

As peças orçamentárias deveriam ter sido aprovadas no ano passado, mas os deputados deixaram as votações para janeiro.

Por isso, o governo abriu o orçamento de forma emergencial na semana passada, com autorização para utilizar por mês 1/12 da despesa prevista para o ano no projeto da LOA, que é de R$ 20,9 bilhões.

A lei foi aprovada e sancionada na quinta-feira passada (10), dia que os salários de dezembro começaram a ser pagos.

LEIA TAMBÉM

Orçamento 2019 é de R$ 20,9 bilhões e tem rombo de R$ 1,6 bilhão

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBebê cai na piscina enquanto a mãe amamentava a irmãzinha e morre afogada
Próximo artigoOrçamento de R$ 3,3 trilhões

O LIVRE ADS