Assaltantes que atacam mulheres são presos em Várzea Grande

Suspeitos são apontados como autores de menos 20 roubos de celulares neste ano e 90% das vítimas são mulheres

(Foto: Reprodução/PJC-MT)

Dois assaltantes apontados em diversos roubos principalmente contra mulheres foram presos pela Polícia Civil em Várzea Grande.  

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) diz que os suspeitos fazem parte de uma organização criminosa que ataca pedestres para roubar telefone celular.   

De janeiro a junho, ocorreram ao menos 66 casos desse tipo, sendo a maioria contra mulheres. Segundo a delegada Elaine Souza Fernandes, a dupla presa em Várzea Grande está envolvida em pelo menos 20 dos roubos e 18 vítimas são mulheres.  

A prisão dos dois criminosos ocorreu no dia 19 de junho, mas foi divulgada nesta sexta-feira (2) pela Polícia Judiciária Civil (PJC). Trinta e quatro celulares foram recuperados. 

Segundo a polícia, as investigações apontam que antes de praticar os roubos, os criminosos estudavam o local, atuando em trechos ermos, sem câmeras de segurança e pontos de ônibus. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComerciante mata a tiros cachorro que roubou um pedaço de carne
Próximo artigoMP quer sistema de alerta de risco sobre fumaça das queimadas