Assaltado, motorista de aplicativo leva PM até os ladrões, recupera seu carro e faz um ser detido

Ele rastreou os celulares que os ladrões levaram e conseguiu ajudar a polícia a encontrar os assaltantes; depois ainda os identificou

Foto: Divulgação/Prefeitura de Cuiabá

Um motorista de aplicativo de 46 anos foi assaltado no início da manhã dessa segunda-feira (18) em Cuiabá. Os ladrões levaram pertences e o carro da vítima. O que eles não contavam é que seriam rastreados e encontrados pelo próprio motorista, poucas horas depois.

O assalto

O roubo aconteceu por volta das 6 horas, quando a vítima deixava um cliente no Bairro Planalto, em Cuiabá.

Segundo o motorista, dois homens armados chegaram em uma moto Honda CG 150 Titan preta e levaram seu VW Voyage azul, três celulares, uma máquina de cartão, a CNH da vítima, o CRLV do carro e R$ 1 mil em dinheiro.

Busca

Por volta das 9 horas, o motorista procurou a Polícia Militar na base do 25º Batalhão da PM contando sobre o assalto e dizendo que seus celulares roubados possuem aplicativo de rastreamento e, por isso, ele sabia onde estavam.

Ele deu o endereço aos policiais, no Bairro Jardim Maringá I, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), e os policiais, em companhia de mais uma viatura, deslocaram-se para o local.

Quando os policiais se aproximaram, viram três homens tentando fugir pulando o muro. Dois conseguiram e somente um foi detido: um adolescente de 17 anos.

Na casa foi encontrada a motocicleta usada no assalto, que foi reconhecida pela vítima. Em um dos cômodos também foram encontradas a máquina de cartão, a CNH, o CRLV e uma chave de casa, todos pertencentes ao motorista de aplicativo.

Também foi encontrada uma carteira com documentos de um rapaz de 18 anos, que o adolescente apreendido disse que era um dos comparsas que conseguiram fugir.

Mostrada a foto do RG para o motorista de aplicativo, ele reconheceu como sendo um dos assaltantes que levaram seu carro.

Sobre o terceiro fugitivo, o adolescente se negou a dar informações.

O carro

Os policiais continuaram seguindo o rastreador do celular, que os levou a uma região de mata no Bairro Carrapicho, em Várzea Grande.

O carro da vítima foi encontrado no meio do matagal e dentro dele um dos celulares.

Por fim, só não foram recuperados dois celulares e os R$ 1 mil em dinheiro. E dois suspeitos conseguiram fugir.

O menor apreendido foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Várzea Grande, onde o caso foi registrado como roubo e localização de veículo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCom assinatura de pacientes e exames, médicos de MT já tratam covid-19 com cloroquina
Próximo artigoHomem mantém ex-namorada trancada, sob a mira de uma arma e ameaça matá-la