Artista plástica Marlene Trouva expõe pinturais táteis e ecológicas na Geleria Arto

Na exposição que abre as portas nesta quinta-feira (18), a artista resgata técnica milenar "encáustica" e apresenta obras feitas especialmente para deficientes visuais

A artista plástica de Rondonópolis Marlene Trouva retorna a Cuiabá para abrir sua exposição “Encáustica: a arte ecológica em cera de abelha” na Galeria Arto, nesta quinta-feira (18), a partir das 19h30. A técnica milenar, além de externalizar a preocupação com o meio ambiente, também permite a produção de obras táteis, voltadas especialmente para deficientes visuais que poderão experimentar a mostra a partir do toque e da identificação em braile.

Ao todo, serão 27 obras, sendo 8 obras táteis, disponíveis para visitação gratuita até o próximo dia 18 de novembro. Contemplada pelo edital “Circula MT”, da Secretaria de Estado de Cultura, a exposição segue para Primavera do Leste e Rondonópolis.

Formada em artes visuais, Marlene Trouva reside em Rondonópolis desde 1996 e ministra aulas de desenho e pintura. Em 2007, conheceu a técnica da pintura em “encáustica” e se encantou pela forma de expressão visual milenar, oriunda dos gregos e egípcios antigos.

A técnica consiste na combinação de elementos naturais como a cera de abelha, de carnaúba e de resina damar, pigmento natural e fogo, que produzem texturas, ranhuras e colagens. Com este material e com feitura delicada, a artista propõe uma reflexão sobre a importância da manutenção e do equilíbrio ambiental para o nosso ecossistema, através da representação de flores do cerrado.

Do bioma mais antigo do país, Marlene Trouva pinta espécies como o Ipê amarelo, ipê branco, lobeira, canela de ema, algodão do cerrado e a flor de caliandra vermelha, também conhecida como a flor símbolo do cerrado.

“Nesta exposição, a artista apresenta o resultado de suas pesquisas, que começaram lá em 2007. Após um longo processo de aprendizado, de aperfeiçoamentos e descobertas, sua técnica foi aprimorada cada vez mais, até chegar ao nível de refinamento e sutilezas de seu trabalho atual, que o visitante pode bem observar e apreciar a partir das obras aqui expostas”, escreveu Laudenir Gonçalves, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte.

A Galeria Arto está localizada na avenida Dom Bosco, 1776, Goiabeiras. Horário de visitação: segunda-feira, das 14 às 19hs, terça e sexta-feira, das 9 às 12 e das 15 às 19h, e no sábado, das 9 às 12h.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça Eleitoral autoriza MPE a entrar em ação que acusa Selma Arruda de caixa-dois
Próximo artigoIntenção de consumo das famílias recua 0,3% em outubro, diz CNC